Agendamento para o mutirão de castração gratuita de cães e gatos de abril está aberto

Agendamento para o mutirão de castração gratuita de cães e gatos de abril está aberto

Aqueles que desejam levar cães e gatos ao mutirão de castração gratuita da Prefeitura em abril já podem fazer o agendamento no site da Rede de Proteção Animal. Esta edição vai atender os moradores da Regional Pinheirinho e as cirurgias gratuitas serão feitas no Distrito de Manutenção Urbana Pinheirinho (Rua Elói Orestes Zeglin, 460).

A ação disponibiliza mil vagas para o mutirão, que ocorre entre os dias 15 e 20 de abril. Podem participar cães e gatos de ONGs, protetores independentes e tutores da regional Pinheirinho com animais de 5 meses a 8 anos.

“A castração tem benefícios como a prevenção de doenças e tumores e minimiza o abandono e a quantidade de animais nas ruas”, explica o diretor de Pesquisa e Conservação da Fauna, da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, Edson Evaristo.

Desde 2017, o Programa Municipal de Castração Gratuita da Prefeitura já beneficiou mais de 118 mil cães e gatos. Para o mês de abril, as ações do programa totalizam mais de 4 mil vagas para castração.

Castração em clínicas

Além do mutirão no Pinheirinho, em abril acontecem as castrações gratuitas em clínicas parceiras da Prefeitura, com 3 mil vagas distribuídas em oito clínicas. As inscrições já estão abertas e são feitas através da área de eventos do site da Rede de Proteção Animal.

As clínicas parceiras

Baby Dog – R. Dr. Goulin, 26 – Alto da Glória

Cemevet – R. Manoel das Chagas Lima, 211 – São Braz

Clinicão – R. Vicente Geronasso, 1.480 – Boa Vista

CMV – R. Antônio Schiebel, 406 – Boqueirão

Samivet – R. Carlos Essenfelder, 2.495 – Boqueirão

Santa Cândida – R. Fernando de Noronha, 2.843 – Santa Cândida

Solarium – R. Evaristo Berleze, 144 – Bacacheri

Vetsol – R. José de Oliveira Franco, 2.685 – Bairro Alto

Castração pediátrica

No site da Rede de Proteção Animal também estão disponíveis as 45 vagas para a castração gratuita de filhotes de cães.

Esse serviço é feito em parceria com o Centro de Medicina Veterinária do Coletivo (CMVC), da Universidade Federal do Paraná (UFPR), e vai acontecer em abril no Centro de Medicina Veterinária do Coletivo, na Rua dos Funcionários, 1.540, no Setor de Ciências Agrárias da Universidade Federal do Paraná.

Estas vagas são limitadas e exclusivas para cães resgatados por protetores independentes e os animais, machos e fêmeas, precisam ter entre 2 e 6 meses de idade, estarem com o esquema vacinal em dia e pesarem no mínimo 2 quilos.

Procuração eletrônica

Para atender à Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) e resoluções do Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV), o site da Rede de Proteção Animal permite indicar quem será o acompanhante do animal no dia da cirurgia, se o responsável não puder comparecer. 

Além da legislação, todos os animais atendidos pelo programa recebem microchip eletrônico de identificação, com código exclusivo vinculado aos dados do cidadão responsável pelo animal. 

Animais sob os cuidados de protetores ficam com seus dados vinculados ao que levam para castração até que sejam devidamente transferidos ao novo responsável quando adotados.

Fonte: Prefeitura de Curitiba