Alegria compartilhada: Greca entrega a Curitiba o prêmio de Cidade Mais Inteligente do Mundo

Alegria compartilhada: Greca entrega a Curitiba o prêmio de Cidade Mais Inteligente do Mundo

Nesta quinta-feira (16/11), ao entregar para Curitiba o prêmio de Cidade Mais Inteligente do Mundo de 2023, o prefeito Rafael Greca disse que quem é inovador cuida do passado e olha para o futuro. “Quem é inovador, se enche de força e de vontade de fazer”, completou o prefeito, “porque o que não se faz não existe.”

“Nós somos o bem que já fizemos e continuaremos a ser o bem que fizermos. Desejo que cada curitibano tenha em mente que quando fazemos o bem nós existimos. E o que há de mais inteligente é ter coração e agora é inteligente ter coração curitibano”, comemorou Greca, ao lado da primeira-dama, Margarita Sansone.

O prefeito recebeu o prêmio de Cidade Mais Inteligente do Mundo de 2023 no dia 8 de novembro em Barcelona, na Espanha, durante o Smart City Expo World Congress. O World Smart City Awards, concedido pela Fira Barcelona, é considerado a principal premiação de cidades inteligentes do mundo.

O vice-prefeito de Curitiba e secretário de Estado das Cidades, Eduardo Pimentel, lembrou que na primeira gestão de Rafael Greca como prefeito (1993-1996) a cidade recebeu o prêmio mundial da ONU Habitat e agora o de Cidade Mais Inteligente do Mundo. “Estamos no caminho certo e vamos continuar”, afirmou Eduardo Pimentel.

O vice-governador do Paraná, Darci Piana, representando o governador Carlos Massa Ratinho Junior, parabenizou Greca e disse que o Estado está orgulhoso da premiação recebida por Curitiba.

Alegria compartilhada

O encontro de Greca com a cidade, depois da premiação, foi no hall do prédio central da Prefeitura de Curitiba, no Centro Cívico, onde está montada uma exposição de fotos. As imagens feitas por fotógrafos da Prefeitura mostram 30 das iniciativas de Curitiba que a levaram a receber o prêmio mundial.

O prefeito disse que o objetivo desse encontro foi compartilhar a alegria que sentiram ele e a comitiva que foram a Barcelona para participar do Smart City Expo World Congress. Greca também citou, em seu discurso, os projetos que está desenvolvendo nesta segunda e terceira gestões como prefeito, desde 2017, e que resultaram no título de Cidade Mais Inteligente do Mundo.

Mas o prefeito fez jus, também, a medidas inovadoras tomadas na cidade ainda no século passado, como a criação da primeira universidade do Brasil, a Universidade Federal do Paraná, e a primeira rua exclusiva para pedestres, o calçadão da Rua XV de Novembro.

Prêmio

A categoria “Cidades” do World Smart City Awards 2023 teve como finalistas, além de Curitiba: Barranquilla (Colômbia), Izmir (Turquia), Makati (Filipinas), Cascais (Portugal) e Sunderland (Inglaterra).

Curitiba foi reconhecida pelas políticas públicas, ações e programas de planejamento urbano inteligentes voltados ao crescimento socioeconômico e à sustentabilidade ambiental.

O júri inclui representantes da ONU-Habitat, Banco Mundial, Fórum Econômico Mundial, Conselho da Cidade de Barcelona, Secretaria de Estado do Turismo da Espanha e Missão da Comunidade Europeia para a Neutralidade Climática e Cidades Inteligentes.

Antes da capital paranaense foram vencedoras: Amsterdã (Holanda), em 2012; Rio de Janeiro (Brasil), em 2013; Tel Aviv (Israel), em 2014; Peterborough (Inglaterra), em 2015; Nova Iorque (Estados Unidos), em 2016; Dubai (Emirados Árabes Unidos), em 2017; Cidade de Cingapura (Cingapura), em 2018;  Estocolmo (Suécia), em 2019; Xangai (China), em 2020; Buenos Aires (Argentina), em 2021; e Seul (Coreia do Sul), em 2022.

Presenças

Também participaram da solenidade o presidente da Câmara Municipal de Curitiba, Marcelo Fachinello; as deputadas estaduais Maria Victória e Márcia Huçulak; o secretário de Estado da Inovação, Modernização e Transformação Digital, Marcelo Rangel; o presidente do ICI, Maurício Pimentel; o presidente da Associação Comercial do Paraná (ACP), Gilberto Deggeroni; a vice-reitora da Universidade Federal do Paraná, Graciela Bolzon de Muniz; a chefe do Escritório de Representação do Ministério de Relações Exteriores no Paraná, embaixadora Lígia Maria Scherer; os diretores do iCities Beto Marcelino, Eduardo Marques e Caio Castro; e os vereadores Tico Kuzma, líder do governo na Câmara Municipal de Curitiba, Pier Petruzziello, Toninho da Farmácia, Pastor Marciano Alves, Mauro Bobato, Leônidas Dias e João da Loja 5 Irmãos.

Compareceram, ainda, os secretários de Segurança Alimentar e Nutricional, Luiz Gusi; da Educação, Maria Sílvia Bacila; de Administração, Gestão de Pessoal e Tecnologia da Informação (Smap), Alexandre Jarschel de Oliveira; do Esporte, Lazer e Juventude, Carlos Eduardo Pijak Júnior (Smelj); da Comunicação Social, Cinthia Genguini; do Meio Ambiente, Marilza Dias; de Obras Públicas, Rodrigo de Araujo Rodrigues; e a procuradora-geral do Município, Vanessa Volpi.

Participaram também o controlador-geral do Município, Daniel Falcão; os presidentes do Instituto Municipal de Administração Pública (Imap), Alexandre Matschinske; da Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação, Dario Paixão; do Instituto Municipal de Turismo, Tatiana Turra; da Fundação Cultural de Curitiba, Ana Castro; da Urbs, Ogeny Pedro Maia Neto; da Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab), José Lupion Neto; da Fundação de Ação Social (FAS), Maria Alice Erthal; e do Instituto Municipal de Administração Pública (Imap), Alexandre Matschinske. Além dos administradores regionais Rafaela Lupion (Matriz); Raphael Keiji Assahida (CIC); Marcelo Ferraz (Tatuquara); Ricardo Dias (Boqueirão); Fernando Wernek Bonfim (Bairro Novo); e Janaína Lopes Gehr (Boa Vista).

Cris Alessi, ex-presidente da Agência Curitiba, esteve presente na cerimônia. 

 

Fonte: Prefeitura de Curitiba