Antes das chuvas de verão, Prefeitura de Curitiba reforça limpeza de canais, córregos e rios

Antes das chuvas de verão, Prefeitura de Curitiba reforça limpeza de canais, córregos e rios

Para preparar a cidade para os efeitos das chuvas de verão, que devido ao El Niño prometem ser muito volumosas, equipes do Departamento de Pontes e Drenagem da Secretaria Municipal de Obras Públicas (Smop) estão executando obras e serviços de manutenção nas estruturas de drenagem nos bairros.

A limpeza e desassoreamento do canal acumulador de drenagem no final da Rua Carmelitas, no cruzamento com a linha férrea no Boqueirão, é um exemplo. Iniciado em 19 de dezembro, o trabalho acontece em duas etapas. A primeira, que será finalizada nesta sexta-feira (5/1), compreende 300 metros entre as ruas das Carmelitas e William Booth. A segunda, com início previsto para a próxima semana, será realizada no canal acumulador que fica do lado da linha férrea, dentro do Parque Náutico.

“É um serviço preventivo, para melhorar o escoamento das águas pluviais e a drenagem no Boqueirão, especialmente na região do Moradias Iguape”, explica o secretário municipal de Obras Públicas, Rodrigo Araújo Rodrigues.

Escavadeira hidráulica

Com a ajuda de uma escavadeira hidráulica, a equipe limpa o canal acumulador que desagua no Córrego Alto Boqueirão e dele no Rio Iguaçu, já em São José do Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. A ação remove o material assoreado dentro do canal e também plantas aquáticas invasoras que se reproduzem com facilidade em alguns lagos urbanos.

As algas são sazonais e não prejudicam os peixes nem a oxigenação da água, mas reduzem a capacidade do canal. Todo o material é retirado de dentro do canal, depositado na margem até secar, depois é transportado em caçambas para os locais próprios de destinação.

A limpeza e o desassoreamento dos canais fazem parte do conjunto de serviços de drenagem que a Prefeitura mantém na cidade, especialmente nas regiões mais críticas de todas as regionais para prevenir os efeitos das chuvas volumosas do verão. As ações integram o programa Curitiba Contra Cheias.

Pelos bairros

Há também ações de limpeza e desassoreamento acontecendo em outros bairros. No CIC, o Rio Barigui passa por desassoreamento em um trecho de 580 metros, entre a Avenida das Araucárias  e o Rio Pulador. Desde a última semana de dezembro também foram limpos e desassoreados no Tatuquara os canais nas ruas Wacílio Zacachuka, José Mulaski Gebert, Tempistocles C. dos Santos e Rua Doutror Paulo Julio Fonseca Bittencourt.

“Temos que fazer os serviços preventivos necessários antes que o período de chuvas comece. As ações corretivas e preventivas nos locais que identificamos vão minimizar os efeitos das enchentes e dos alagamentos”, diz o diretor do Departamento de Pontes e Drenagem da Smop, Ubiratan Cardoso.

Outras ações para tornar a cidade resiliente aos efeitos do El Niño acontecem pelos bairros, porém, reforça Cardoso, é importante que a população colabore e mude de comportamento, evitando de descartar materiais de forma incorreta. “As pessoas têm que ter uma postura diferente. É impressionante a quantidade de lixo que vemos nas margens dos canais dos rios, nos terrenos próximos aos cursos d’água”.

Fonte: Prefeitura de Curitiba