Canteiro central do Jardim Botânico de Curitiba recebe novas flores com as cores do verão

Canteiro central do Jardim Botânico de Curitiba recebe novas flores com as cores do verão

O canteiro central do Jardim Botânico de Curitiba está ganhando uma cara nova nesta semana. Seis mil mudas de flores dália estão sendo plantadas, em três cores: creme, amarelo e laranja, representando o verão. É a primeira vez que a espécie é plantada nos canteiros públicos de Curitiba, e é exclusiva do Jardim Botânico.

“As dálias são flores que carregam memórias afetivas para muitas pessoas, mas essas são menores do que as que estamos acostumados, são dálias compactas”, explica o diretor de Arborização e Produção Vegetal da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, José Roberto Roloff.

O plantio começou nesta terça-feira (16/1) e deve ser finalizado ainda nesta quinta-feira (18/1). As dálias exigem um cuidado especial. Para além da adubação normal probiótica, elas demandam um serviço recorrente de capação, que é a retirada dos botões secos. As novas flores embelezarão o Jardim Botânico até o início do inverno. 

As outras flores que completam as cerca de 100 mil mudas do Jardim Botânico serão substituídas ainda em fevereiro.

“Nós fazemos a programação dos plantios com muita antecedência, há uma data específica para a semeadura de cada flor. As dálias chegaram em mudas pré-germinadas no Horto em novembro, desde então estão se desenvolvendo para serem plantadas aqui nesta semana”, comenta Roloff.

Parada obrigatória de turistas

Os canteiros novos agradam aos turistas que aproveitam as férias para visitar o Jardim Botânico, como a paulista de Presidente Prudente, Danielle Chagas, 38 anos. 

Danielle conheceu o espaço há cerca de duas décadas e carrega boas memórias. Desta vez, também trouxe a irmã Thaís e o cunhado Wesley Araújo para aproveitar.  

“Não poderíamos deixar de vir aqui. Está ainda mais bonito do que era há 20 anos, com flores lindas e diversas. A vista é espetacular”, comenta a paulista.

Vindos de Jales, São Paulo, o casal Vinícius, 51 anos, e Andreia Lisboa, 48 anos, está fazendo turismo em Curitiba pela primeira vez e relata expectativas alcançadas no cartão postal mais popular da capital paranaense. “Nossa primeira impressão do Jardim é muito positiva, assim como a cidade, é limpo e organizado”, comenta Vinícius. Sua esposa complementa. “As flores são lindas, já as tinha visto em fotos, mas pessoalmente é ainda mais bonito”.

Fonte: Prefeitura de Curitiba