Cérebro da Cidade Inteligente, Hipervisor Urbano de Curitiba entrará em operação em 2024

Cérebro da Cidade Inteligente, Hipervisor Urbano de Curitiba entrará em operação em 2024

Projetado pelo Ippuc em parceria com a Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD) e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), o Hipervisor Urbano de Curitiba é uma ferramenta inovadora no suporte ao planejamento. Cérebro da cidade inteligente, o centro de planejamento vai começar a operar em fevereiro de 2024 em instalações anexas ao Ippuc, no edifício que hoje abriga o Instituto das Cidades Inteligentes (ICI).

O Cérebro da Cidade Inteligente é uma plataforma de convergência e compartilhamento de dados. É munido de ferramentas e métodos de gestão capazes de coletar, processar e distribuir dados públicos, facilitando a gestão de serviços em tempo real e o planejamento de longo prazo.

Serão integrados ao centro de planejamento do Hipervisor Urbano, a Muralha Digital da segurança pública, os centros operacionais do Transporte e Defesa Civil, como também de prestadores de serviços públicos de abastecimento de água (Sanepar) e de energia (Copel).

Redesenvolvimento urbano

Com a junção de história e tecnologia, o projeto da Rua da Memória, futuro Memorial Digital na Travessa Nestor de Castro, no Centro, contará a história da cidade com recursos digitais.

A Rua da Memória será uma das âncoras de um grande projeto de revitalização e redesenvolvimento do Setor Histórico para o usufruto de toda a população e de visitantes que tenham Curitiba como destino.

Com a primeira etapa concluída pelo Ippuc, o projeto tem objetivo de melhorar a condição urbanística do local, incentivando o uso de moradias, atraindo investimentos e potencializando a economia, turismo e patrimônio histórico.

Além disso, a intervenção vai fortalecer a mobilidade ativa, com calçadas e Estrutura Cicloviária integradas a um sistema de transporte renovado.

Fazenda Urbana da CIC

Com projeto finalizado pelo Ippuc, a nova Fazenda Urbana da CIC, junto ao Parque dos Tropeiros, será montada em uma área de 11 mil metros quadrados. Terá espaço de cultivo sustentável de alimentos, sede com áreas de administração, ecoworking, salas de aula e reuniões e ainda um Armazém da Família, com foco em produtos regionais e de agricultura familiar.

Rua da Cidadania da CIC

Única regional da Prefeitura sem sede própria, a CIC está prestes a ganhar um equipamento de atendimento à população com geração de energia limpa e arquitetura renovada.

Projetada pelo Ippuc, a Rua da Cidadania estará integrada a outros equipamentos públicos do entorno, como o Farol do Saber Frei Miguel Bottacin, o Cras Nossa Senhora da Luz, a Escola Municipal Albert Schweitzer e o Centro Cultural CIC.

Nova âncora de serviços públicos do município na CIC, o equipamento visa também atrair mais comércios e moradias, com oferta de transporte público, dinamizando a região dentro do propósito de requalificação urbana.

Entorno do Mercado Municipal

Está em implantação o projeto do Ippuc no entorno do Mercado Municipal, com prioridade aos pedestres e aos deslocamentos não motorizados. O projeto contempla a valorização do espaço público, com a melhoria da paisagem urbana, da segurança nos deslocamentos e a criação de novas conexões cicloviárias e de favorecimento à caminhabilidade. As intervenções fazem parte do projeto Caminhar Melhor.

Novos Faróis do Saber Tecnológicos

O Ippuc concebeu uma nova proposta para os Faróis do Saber das dez regionais da cidade. Dialogando com a arquitetura do projeto original, mas com o acréscimo de novas tecnologias, a estrutura dos Faróis do Saber e Inovação terá autossuficiência energética, com a implantação painéis fotovoltaicos, sistemas de captação e reutilização de água de chuva, controle de incidência de luz solar direta, ventilação cruzada e acessibilidade. O projeto está em fase de licitação pelo instituto.

Selo Clima Paraná 2022 e 2023

Pelo segundo ano consecutivo, o Ippuc foi certificado com a Categoria A – Mercado Interno, do Selo Clima Paraná, concedido pelo Governo do Estado a instituições com maior engajamento em projetos e ações voltadas à sustentabilidade e ao cumprimento da agenda mundial de enfrentamento dos efeitos das mudanças climáticas.

Cooperação com o Japão

Como parte do convênio formalizado pelo Ippuc com a Agência Japonesa de Cooperação Internacional (Jica), o prefeito Rafael Greca cumpriu compromissos oficiais no Japão em outubro de 2023.

Formalizado em 2022 com validade por dois anos, o intercâmbio técnico entre Curitiba e a Jica tem como foco o desenvolvimento de projetos com vistas ao envelhecimento da população, a prevenção e resposta a desastres climáticos e inovação para a sustentabilidade.

“Seguimos ao Japão para dar sequência à troca de experiências de projetos inclusivos para as pessoas da melhor idade, aos desafios das mudanças climáticas e também para uma visita à cidade-irmã de Himeji, com quem temos quase quatro décadas de parcerias. Também levaremos as experiências inovadoras de Curitiba ao Kyoto Smart City, como importante troca entre cidades inteligentes”, afirmou Greca.

Curitiba Longevidade

Dados do Censo 2022 do IBGE relacionados ao envelhecimento da população brasileira, confirmam o acerto de Curitiba no encaminhamento de estudos e projetos de atenção aos idosos. Desenvolvido pelo Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc), o estudo Cenários da Cidade – Curitiba Longevidade está alinhado ao que aponta a pesquisa demográfica.

A capital paranaense tem crescimento mais acelerado da população com mais de 60 anos que a média do Brasil. É um grande contingente de pessoas que segue ativo e tem participação relevante na economia.

O estudo reúne os dados do município com o intuito de prover subsídios para que as políticas públicas possam, em conjunto, preparar a cidade para o futuro próximo.

Ônibus elétricos

O Ippuc dá suporte à Prefeitura em estudos para a mudança da matriz energética do transporte público e os projetos de ciclomobilidade e mobilidade ativa. Além dos testes com ônibus elétricos, o instituto deu suporte à Urbs na formalização de parceria com o BNDES para a formatação de um modelo da nova concessão do transporte público, que ocorrerá em 2025.

VLT do Aeroporto ao Centro Cívico

O BNDES também é parceiro no projeto do VLT Metropolitano do Aeroporto ao Centro Cívico desenvolvido por Ippuc, Prefeitura de São José dos Pinhais e Governo do Estado. A ideia é ampliar a eletromobilidade e promover a multimodalidade em um eixo importante e de grande demanda. O projeto inédito já está cadastrado no Novo PAC para a obtenção de recursos.

BIM/CIM

Na condição de orientador do processo de implantação e disseminação do BIM/CIM em toda a Prefeitura, o Ippuc promoveu, ao longo do ano, ciclos de treinamentos aos servidores das áreas de Arquitetura, Engenharia e Construção.

Fonte: Prefeitura de Curitiba