Com inovação e ações pelo clima, Curitiba é top 3 em ranking nacional de cidades alinhadas aos ODS

Com inovação e ações pelo clima, Curitiba é top 3 em ranking nacional de cidades alinhadas aos ODS

Curitiba é top 3 entre as cidades brasileiras que vêm desenvolvendo ações alinhadas aos 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nacionais Unidas (ONU). É o que aponta o ranking do Índice de Desenvolvimento Sustentável das Cidades – Brasil (IDSC-BR), divulgado na semana passada durante a primeira edição do Fórum de Desenvolvimento Sustentável das Cidades, em São Paulo. 

De acordo com a ferramenta, disponível para consulta pela internet, Curitiba é a terceira melhor cidade do país com mais de um milhão de habitantes em termos de avanços. A pontuação da capital paranaense fica em 60,1, atrás apenas de São Paulo (62,06) e Campinas (60,93). Dos 17 objetivos, Curitiba já atingiu três na totalidade – Indústria, Inovação e Infraestrutura (ODS 9), Ação contra a mudança global do clima (ODS 13) e Vida na água (ODS 14). Os demais apresentam um ou mais desafios em algum nível para o cumprimento. 

Portal curitibano 

Curitiba também conta com um site para acompanhar o progresso do cumprimento dos objetivos. A plataforma, desenvolvida pelo Instituto Municipal de Administração Pública (Imap), revela, a partir do mapeamento dos programas e dos projetos da Prefeitura, seu plano estratégico alinhado a cada um dos 17 ODS (lista abaixo) e as 169 metas a serem atingidas até 2030. 

Para o prefeito Rafael Greca, uma gestão alinhada aos ODS é uma gestão baseada no futuro das cidades e do planeta.

“A defesa social, a fortaleza das comunidades, a educação livre e aberta para todos, a igualdade e oportunidades para todos são o caminho para a construção do futuro e da paz”, disse o prefeito, durante o lançamento do site.

Entre os destaques de Curitiba para os avanços, estão as ações contra e de resiliência em relação às mudanças climáticas, listadas no PlanClima, e o incentivo à instalação de empresas voltadas à tecnologia e inovação, com os programas do Vale do Pinhão. 

O Índice

A ferramenta reúne dados e indicadores dos 5.570 municípios brasileiros, e permite identificar as virtudes e as fragilidades de cada um no cumprimento dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da ONU. O Índice oferece uma visão geral e integrada das cidades brasileiras em cada um dos objetivos. 

Apresenta mapa interativo, análise individual dos municípios e um ranking entre cidades, estados, regiões, e até mesmo biomas diferentes, quanto ao nível de desenvolvimento sustentável. 

A ideia é estimular o cumprimento da Agenda 2030 e uma oportunidade para as cidades se integrarem à agenda global de desenvolvimento sustentável. O IDSC-BR também pode ser visto como uma ferramenta para conscientizar a sociedade e orientar a ação política municipal, estadual e federal, contribuindo para uma visão integrada dos desafios da cidade e a identificação de temas prioritários para ações e investimentos.

A ferramenta é resultado do trabalho conjunto entre o Instituto Cidades Sustentáveis (ICS), entidade que estimula a melhoria da qualidade de vida nas cidades brasileiras, e a SDSN (UN Sustainable Development Solution Network), uma iniciativa que nasceu dentro da própria ONU para mobilizar conhecimentos técnicos e científicos no apoio de soluções em escalas locais, nacionais e globais. O trabalho conta com o apoio do Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (Cebrap) e financiamento do Projeto CITinova.

 

Fonte: Prefeitura de Curitiba