Começa a produção de araucárias com sementes coletadas pela população

Começa a produção de araucárias com sementes coletadas pela população

 

Começou nesta quarta-feira (6/7), a semeação das mudas de araucárias com as sementes coletadas dentro do projeto Pinhão Curitibano nas regionais da cidade. A expectativa da equipe do Horto da Barreirinha, onde acontece o trabalho, é de produzir 10 mil novas araucárias.

As mudas produzidas serão entregues à população em 24 de junho de 2023 (Dia Nacional da Araucária) pelo projeto 100 Mil Árvores, uma das ações de sustentabilidade da cidade, assim como a Família Folhas, protagonista da campanha que convida a população a mudar os hábitos para preservar o meio ambiente.

“Esse é um dos nossos esforços para preservar a árvore nativa e tão importante para a nossa cidade”, explica o diretor de Produção Vegetal da Secretaria do Meio Ambiente, José Roberto Roloff. 

A ideia de convocar a população, reforça, foi com o intuito de coletar pinhões de muitas árvores e de várias regiões da cidade, contribuindo para preservar as características das araucárias de Curitiba e aumentar a resiliência da espécie. “Para maior diversidade genética das mudas, o ideal é ter um número alto de matrizes”, diz.

Recorde

A equipe do Horto da Barreirinha termina o recolhimento de pinhões nas regionais até sexta-feira (8/7). Até agora, o recorde das contribuições fica com a Regional Boqueirão, que encaminhou mais de oito quilogramas de sementes para a produção das mudas. 

 

Fonte: Prefeitura de Curitiba