Cras Parolin completa 12 anos e oferta vagas de emprego e serviços

Cras Parolin completa 12 anos e oferta vagas de emprego e serviços

Vagas de emprego, oferta de cursos profissionalizantes, informações sobre prevenção ao uso de drogas e atividades de lazer fizeram parte das ações desenvolvidas nesta sexta-feira (23/9) no Centro de Referência de Assistência Social (Cras) Parolin.

A ação conjunta foi realizada durante o dia todo para comemorar os 12 anos de existência do equipamento, que leva serviços de assistência social, com o objetivo de fortalecer a convivência com a família e com a comunidade da região do bairro Parolin.

“Nós juntamos diversos parceiros para intensificar o processo de prevenção nesta região considerando as vulnerabilidades que ele apresenta. O objetivo é oferecer para a comunidade um apanhado de serviços concentrados aqui, mais próximos de casa”, explicou Lidiane Oliveira, supervisora do Núcleo Regional da FAS na Regional Portão.

 

Serviços gratuitos

Participaram do esforço, o Ministério Público do Paraná – Núcleo de Apoio ao Cidadão e às Comunidades de Curitiba; Grupo Condor; as secretarias de Governo Municipal; Esporte, Lazer e Juventude; Segurança Alimentar e Nutricional; Educação; Defesa Social (Departamento de Políticas sobre Drogas) e Meio Ambiente.

O Cras Parolin atende uma média de mil famílias por mês nos serviços de convivência e acompanhamento.

Além dos serviços citados, foi possível tratar de questões de regularização de certidão de nascimento, seleção de trabalhadores pelo Grupo Condor, serviços da Sanepar, atualização e cadastramento para o Armazém da Família e oficinas de reaproveitamento de alimentos.

Integrantes do Centro de Valorização da Vida (CVV) também distribuíram cartilhas sobre prevenção ao suicídio e os ônibus Intervidas e Lilás levaram informações sobre a prevenção ao uso de drogas e orientações acerca das políticas para mulher, respectivamente.

“O Cras atua em favor da comunidade. Aqui no Parolin ele é de extrema importância dada a sua localização e na data de hoje, que marca os seus 12 anos, foi feito este grande esforço para articulação de serviços sociais gratuitos”, comentou Maria Inês Gusso Rosa, diretora de Proteção Social Básica (PSB) da Fundação de Ação Social (FAS).

Bolo e diversão

A comunidade também teve espaço para se divertir com os equipamentos montados pela Secretaria de Esportes, Lazer e Juventude.

Pela manhã teve distribuição de um bolo saboroso, confeccionado pelos servidores do Cras, para as pessoas atendidas. No período da tarde, estudantes da Escola Municipal Nancyr Cecatto se divertiram com a bruxinha Beth, da Casa Encantada.

A Cozinha Móvel da Secretaria Municipal de Segurança Alimentar ofereceu caldo de feijão para aquecer o frio, além de chá e pipoca. O equipamento também abordou as temáticas da alimentação saudável e o reaproveitamento de alimentos.

“Não tenho o que reclamar do Cras. Sempre que preciso de ajuda são muito prontos para me receber. Aqui sou sempre bem-vinda e bem atendida”, disse dona Terezinha. Além de cadastro para fazer compras no Armazém da Família, ela já fez curso de porteira e também recebeu doação de cobertores. Hoje, foi procurar um emprego.

Quem também estava a procura de relocação no mercado de trabalho era o jovem Helber Lorran Pedro Castro, 22 anos. 

“É a primeira vez que eu venho aqui. Fui muito bem-recebido, gostei bastante. Pretendo recomendar para outras pessoas”, garantiu.

 

Fonte: Prefeitura de Curitiba