Crianças aprendem e se divertem na estreia do Auto da Independência do Brasil

Crianças aprendem e se divertem na estreia do Auto da Independência do Brasil

 

Cerca de 300 crianças de escolas municipais foram à Rua da Cidadania do Pinheirinho nesta terça-feira (30/8) para a abertura da programação gratuita que comemora os 200 anos da Independência do Brasil. Com personagens épicos, cenários e trilha sonora especial, o Auto da Independência passará por todas as regionais da cidade contando um pouco da história do Brasil de forma lúdica e animada.

Cantando os hinos Nacional Brasileiro, de Curitiba e da Independência, ao som da banda Lyra Curitibana, todos saudaram o prefeito Rafael Greca que acompanhou a apresentação da peça e entregou aos curitibinhas a edição impressa da caderneta As Vidas da Independência do Brasil, de autoria de André Caliman.

“Os 200 anos da Independência do Brasil estão sendo celebrados com aulas de história ao vivo, até com a presença de Dom Pedro I a cavalo. A ideia é que os nossos curitibinhas guardem no coração e nas mentes a grandeza da pátria brasileira”, comentou o prefeito.

Além do personagem de Dom Pedro I, que dá o grito “Independência ou Morte”, participam da encenação outras personalidades históricas, como a Imperatriz Leopoldina e José Bonifácio, interpretadas por atores vestidos com figurinos de época.

“É necessário que as crianças tenham desde pequenas o convívio com a arte, porque é a forma mais linda de educar e fazer com que mais tarde elas busquem a cultura”, disse Edson Bueno, diretor de ação cultural da Fundação Cultural de Curitiba.

A peça

No enredo, a história é contada por uma professora para o seu aluno, o personagem Curitibinha, bastante conhecido nas escolas municipais. O cenário tem ao fundo, em grandes dimensões, o famoso quadro de Pedro Américo que retrata a cena do grito da independência às margens do riacho do Ipiranga.

O conhecimento adquirido tanto na peça teatral como no evento fora de sala de aula foi comentado pela vice-diretora e professora da Escola Municipal Nair de Macedo, Luana Prestes. “Eles sabem da história só por livros, mas diante de um evento dessa grandiosidade eles começam a pensar diferente, questionam e interpretam a história de uma forma melhor.”

A aluna do 4º ano Beatriz Faria estava ao lado da professora atenta a cada cena.

“Já conhecia a história pela professora, que contou na sala, mas eu sempre quis ver um teatro. As pessoas saíram dos livros e ganharam vida”, disse Beatriz, que nunca tinha assistido a uma peça.

O Curitibinha foi outro destaque entre a garotada. Animado e fazendo várias brincadeiras, o personagem conduz a história.

“A apresentação foi bem legal, mas o Curitibinha foi super engraçado, nem estou mais sentindo frio”, Geovana Camargo, aluna do 5º ano da Escola Municipal Cláudio Abramo.

As apresentações das regionais acontecem nesta semana e vão até o dia 6 de setembro. O Auto será apresentado também no Memorial de Curitiba e no Teatro da Vila, sempre com entrada gratuita.

Participaram da estreia o vice-prefeito, Eduardo Pimentel, a presidente da Fundação Cultural de Curitiba, Ana Cristina de Castro, a secretária municipal da Educação, Maria Sílvia Bacila, o administrador da Regional Pinheirinho, Reinaldo Boaron, o administrador da Regional Portão, Gerson Gunha, e o assessor especial de articulação política, Lucas Navarro Souza.

Próximas apresentações do Auto da Independência

Dia 30/8

Às 15h30 – Rua da Cidadania do Tatuquara (R. Olivardo Konoroski Bueno, s/n – Tatuquara)

Dia 31/8

Às 10h30 – Rua da Cidadania do Boa Vista (Av. Paraná, 3.600 – Bacacheri)

Dia 1º/9

Às 10h30 – Rua da Cidadania do Boqueirão (Av. Marechal Floriano Peixoto, 8.430 – Hauer)

Às 15h30 – Memorial de Curitiba (R. Claudino dos Santos, 79 – São Francisco)

Dia 2/9

Às 10h30 – Rua da Cidadania da Fazendinha/Portão (R. Carlos Klemtz, s/nº – Fazendinha)

Às 15h30 – Rua da Cidadania de Santa Felicidade (R. Santa Bertilla Boscardin, 213 – Santa Felicidade)

Dia 3/9

Às 16h – Teatro da Vila (R. Davi Xavier da Silva, 451 – CIC)

Dia 4/9

Às 12h – Memorial de Curitiba (R. Claudino dos Santos, 79 – São Francisco)

Dia 5/9

Às 11h – Parque dos Tropeiros – (R. Maria Lúcia Locher de Athayde – CIC)

Às 15h – Rua da Cidadania do Cajuru (Av. Prefeito Maurício Fruet, 2.150 – Cajuru)

Dia 6/9

Às 15h – Rua da Cidadania do Bairro Novo (R. Tijucas do Sul, 1.700 – Sítio Cercado)

Dia 11/9

Às 12h – Memorial de Curitiba (R. Claudino dos Santos, 79 – São Francisco)

Fonte: Prefeitura de Curitiba