Curitiba é convidada a participar de levantamento nacional sobre catadores de recicláveis

Curitiba é convidada a participar de levantamento nacional sobre catadores de recicláveis

Curitiba foi convidada e, por meio do prefeito Rafael Greca, aceitou se engajar no projeto-piloto que está sendo gestado no governo federal para promover os direitos dos catadores de materiais recicláveis em situação de rua e não cooperados. A capital paranaense foi a primeira cidade sondada para participar da ação, que deverá ser lançada pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, no próximo dia 22/12.

O convite foi formulado nesta quinta-feira (7/12), por meio da videoconferência que reuniu a assessora da Secretaria Geral da Presidência da República, Fátima Cleide Rodrigues da Silva, em Brasília, o prefeito Rafael Greca e titulares de cinco áreas da administração municipal.

Pronta para começar

“Aceitamos sim. Podem vir e vamos começar a trabalhar o quanto antes, pois essa é uma área da qual eu e minha Margarita nos ocupamos desde o começo da minha primeira gestão como prefeito, há 30 anos”, disse, referindo-se à primeira-dama, Margarita Sansone.

Greca aproveitou o encontro para apresentar parte da estrutura de ações e equipamentos sociais disponíveis na cidade para os catadores de recicláveis, entre outras pessoas em situação de vulnerabilidade social. “Aqui nós trabalhamos de forma holística, envolvendo todas as áreas da Prefeitura”, observou.

O Programa Ecocidadão, que reúne em cooperativas e remunera os profissionais do segmento pelo material enviado às usinas de reciclagem, os restaurantes populares do Programa Mesa Solidária e os equipamentos sociais da Praça Plínio Tourinho estiveram entre as ações de proteção social destacadas.

A primeira

Curitiba será a única cidade da Região Sul a integrar a ação, da qual também deverão participar mais quatro capitais, uma de cada região do Brasil. As demais a serem sondadas, informou Fátima Silva, são Recife (Nordeste), Belém (Norte), Distrito Federal (Centro-oeste) e Belo Horizonte (Sudeste).

Cada cidade vai receber um trailer equipado para, na primeira etapa do projeto, mapear e cadastrar os chamados catadores de rua. O veículo será repassado pelo governo federal. Os municípios fornecerão os técnicos para orientar a abordagem do público-alvo, que fornecerá informações para o estabelecimento de políticas públicas.

Também participaram da videoconferência as secretárias municipais do Meio Ambiente, Marilza Dias; da Saúde, Beatriz Battistella; e da Educação, Maria Sílvia Bacila; e as presidentes da Fundação de Ação Social (FAS), Maria Alice Erthal, e da Fundação Cultural de Curitiba (FCC), Ana Cristina de Castro.

Fonte: Prefeitura de Curitiba