Curitiba é tricampeã do prêmio nacional Band Cidades Excelentes em 2023

Curitiba é tricampeã do prêmio nacional Band Cidades Excelentes em 2023

Curitiba é tricampeã do Prêmio Band Cidades Excelentes. Em sua terceira edição, a premiação nacional promovida pelo Grupo Bandeirantes de Comunicação em parceria com o Instituto Aquila, consagrou a cidade como tricampeã no título de capital brasileira mais eficiente e com a melhor gestão pública.

O anúncio foi feito na noite desta segunda-feira (11/12), durante a cerimônia de premiação realizada no teatro do Centro Cultural Banco do Brasil, em Brasília (DF) e com transmissão ao vivo. O prefeito Rafael Greca foi representado pelo vice-prefeito e secretário estadual das Cidades, Eduardo Pimentel, que recebeu o “Oscar das Prefeituras” das mãos do vice-presidente da República, Geraldo Alckmin.

“A conquista deste importante prêmio pela terceira vez consecutiva prova que a priorização do orçamento de Curitiba está dando certo: está no SUS Curitibano, na Educação Criativa, na sustentabilidade, no uso de  novas energias, na agricultura urbana. Valorizo muito o Grupo Bandeirantes e o Instituo Áquila, que fazem o Prêmio Cidades Excelentes  e promovem os municípios do país. Recebo essa premiação em nome do prefeito  Rafael Greca, que sempre  nos lembra que somos o bem que fazemos, aumentando a qualidade de vida das pessoas na cidade”, destacou Pimentel.

 A 3ª edição do Prêmio Cidades Excelentes reconhece boas práticas na administração pública municipal, contribuindo para a evolução da gestão pública nos 5.570 municípios brasileiros. A premiação considera “excelente” a cidade que atrai o que há de melhor em qualidade de vida, é onde as pessoas querem viver e onde as empresas querem estar. 

Curitiba foi vencedora no Prêmio Principal – Cidades Excelentes 2023, entre as capitais, com maior pontuação média entre as capitais brasileiras (74,94), na avaliação de 67 indicadores em sete pilares. Na fase final da etapa nacional, a cidade concorreu com Belo Horizonte (BH) e Vitória (ES).

O presidente do Grupo Bandeirantes, João Saad, parabenizou os vencedores da noite e  destacou que a premiação foi criada para promover a melhoria da qualidade de vida nas cidades brasileiras .”A intenção sempre foi estimnular a gestão pública. Os prefeitos têm a capaciaddae de mudar a Saúde, a Educação, a vida das pessoas para melhor”, disse.

O vice-presidente ressaltou a importância da mensuração dos resultados para direcionar as ações da gestão pública, que é a proposta feita pelo Prêmio Band Cidades Excelentes. “O século 21 é das cidades. Nelas, precisamos cada vez mais fazer mais e melhor na administração pública, que precisa de eficiência. O que não é medido, não é avaliado e parabenizo à Band por estimular uma premiação baseada em mensuração e aos prefeitos pela premiação e pelo trablalho”, disse Alckmin. 

A avaliação 

A avaliação para o prêmio da Band é feita a partir da ferramenta desenvolvida pelo Instituto Aquila, o Índice de Gestão Municipal Aquila (IGMA), que consolida resultados a partir de 67 indicadores e avalia 5.570 municípios brasileiros.

O IGMA utiliza conceitos de big data e inteligência artificial para estruturar informações públicas de todas as cidades do país, além de projetos enviados pelas próprias prefeituras, e consolida resultados de 67 indicadores em uma única nota final.

A escolha dos vencedores é feita em sete pilares (Pontuação geral no IGMA; Governança, Eficiência fiscal e Transparência; Educação; Saúde e Bem-Estar; Infraestrutura e Mobilidade Urbana; Sustentabilidade; Desenvolvimento Socioeconômico e Ordem Pública), em cinco categorias (cidades de até 30 mil habitantes; entre 30 mil e 100 mil habitantes; entre 100 mil e 500 mil habitantes; acima de 500 mil habitantes; e capitais).

Etapa estadual

Em novembro, a capital paranaense foi vencedora em dois pilares da edição estadual do Prêmio Band Cidades Excelentes, entre as cidades com mais de 500 mil habitantes: cidade com melhor Governança, Eficiência Fiscal e Transparência, e cidade com melhor Infraestrutura e Mobilidade.

Fonte: Prefeitura de Curitiba