Curitiba recebe reconhecimento do Ministério do Turismo como DTI em transformação

Curitiba recebe reconhecimento do Ministério do Turismo como DTI em transformação

 

Como reconhecimento pelos trabalhos de Destino Turístico Inteligente iniciados em 2020, dez destinos-piloto foram homenageados com o certificado de Destinos Turísticos Inteligentes em Transformação, entregues pelo ministro do Turismo, Carlos Brito.

A homenagem aconteceu nesta terça-feira (23/8) durante I Seminário Internacional DTI Brasil, em Brasília. O encontro que terminou nesta quarta-feira (24/8) foi promovido pelo Ministério do Turismo (MTur) em parceria com o Instituto Ciudades del Futuro e Fundacion Ciudad de La Plata. 

A ação envolveu duas cidades de cada região do país: a capital federal, Brasília, e Campo Grande (Centro-Oeste); Recife/PE e Salvador/BA (Nordeste); Rio de Janeiro/RJ e Angra dos Reis/RJ (Sudeste); Florianópolis/SC e Curitiba/PR (Sul); Rio Branco/AC e Palmas/TO (Norte). Um DTI tem como foco a incorporação de novas tecnologias, alinhadas a estratégias de marketing, sustentabilidade e acessibilidade, entre outras.

Para a presidente do Instituto Municipal de Turismo, Tatiana Turra, o evento em Brasília foi um reconhecimento ao trabalho que vem sendo feito pelo ecossistema Curitiba DTI.

“Durante esse processo fizemos um diagnóstico e sensibilizamos atores internos da Prefeitura e externos, originando também o plano de transformação e o mapa estratégico. Agora partimos para a execução, de maneira que a gestão do turismo em Curitiba seja mais eficiente, baseada na jornada e interesses dos turistas, buscando também que suas experiências sejam singulares e preservando nossa identidade e valores locais”, salienta Tatiana.

Modelos DTI

Durante a terça-feira foram apresentados os modelos espanhol, valenciano e argentino de Destino Turístico Inteligente (DTI) e os casos de DTI adotados na Europa e América Latina, entre eles os de Benidorm, Valência e Santander (Espanha), Tequila (México), Bogotá (Espanha) e Medelín (Colômbia).

Destinos sul-americanos que estão em transformação, como Montevidéo (Uruguai), Posadas e La Costa (Argentina), também foram demonstrados. 

Destino Curitiba

Tatiana Turra apresentou nesta quarta-feira a metodologia que Curitiba vem desenvolvendo para adequar a cidade ao novo turismo. “O evento foi uma oportunidade de nos aproximarmos de destinos internacionais referenciais com a metodologia e ainda incentivando maior troca entre os dez primeiros destinos nacionais selecionados para esse processo”, declara Tatiana.

Entre os detalhes apresentados estiveram a ativação do ecossistema de DTI na cidade, o WiFi Curitiba e o Programa Escola de Turismo. Também foram mostradas ações de inovação, entre elas o Coreto Digital no Passeio Público e a Galeria Quatro Estações no Jardim Botânico; de tecnologia, como os portais Guia CuritibaCuritiba Criativa e a vitrine digital da Feira do Largo da Ordem; de promoção e marketing, como o reposicionamento da identidade do destino com o Curta Curitiba; de mobilidade e transporte, o que inclui as melhorias na Linha Turismo; de segurança, com a implantação da Muralha Digital; de acessibilidade com as novas calçadas do Setor Histórico e adaptações no Jardim Botânico; de sustentabilidade como a Fazenda Urbana, implantação da Escola de Sustentabilidade no Bosque Zaninelli e o Madeira nas Arcadas; e, por fim, apresentação das ações de criatividade com as lojas #CuritibaSuaLinda e as formações do Liceu de Ofícios Criativos.

O processo de DTI em Curitiba está sendo realizado em parceira com a Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação, Sebrae-PR e Fecomércio-PR.

Os outros destinos convidados para apresentarem os processos foram Brasília (DF), Angra dos Reis (RJ), Florianópolis (SC), Recife (PE) e Rio Branco (AC). 

Fonte: Prefeitura de Curitiba