Curitiba registra 710 novos casos de dengue, sendo 118 na última semana

O Painel da Dengue da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Curitiba, atualizado nesta quarta-feira (3/4), mostra que a capital paranaense registrou 710 novos casos de dengue desde o último boletim, divulgado em 27 de março. Destes, 118 são referentes a notificações da última semana e o restante são casos anteriores que estavam em investigação.

No totalidade, Curitiba contabiliza 2.262 casos de dengue em 2024 (até o dia 29/3), sendo 1.247 importados (contaminação aconteceu fora do município) e 977 autóctones (transmissão sítio).

O Cajuru ainda é o região sanitário mais afetado, com 517 casos, sendo 233 importados. Na sequência está o Bairro Novo, com 319 casos (119 importados), e o Tatuquara, com 307 casos (87 importados).

Internamentos

Nesta quarta-feira (3/4), Curitiba tem dez pacientes com dengue, residentes do município, internados em leitos SUS, sendo nove em leito galeno e um em leito de UTI.

A SMS esclarece que os internamentos ocorrem diariamente, assim porquê as altas, com alterações dos dados ao longo do dia.

Balanço

No Brasil, já são 2,6 milhões de casos prováveis de dengue em 2024 e 991 mortes. Ao todo, 465 municípios brasileiros e 11 unidades da federação declararam emergência em saúde pública por conta da doença (Acre, Província Federalista, Goiás, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Rio de Grande do Sul, Santa Catarina, Amapá, São Paulo e Paraná).

O Informe Semanal da Dengue divulgado nesta terça-feira (2/4) pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) registra 23.396 novos casos. O Paraná decretou situação de emergência pública para dengue em 14 de março.

O período sazonal 2023/2024, que teve início em julho do ano pretérito, soma 159.357 casos confirmados e 77 óbitos em todo o Paraná. As regionais que apresentam mais casos confirmados no estado são 16ª – Apucarana (23.489) e 10ª – Cascavel (21.822).

 

*Créditos imagens e informações Prefeitura de Curitiba