Eduardo Pimentel destaca projetos de memória cultural em Festa de 145 anos da Imigração Italiana em Curitiba

Eduardo Pimentel destaca projetos de memória cultural em Festa de 145 anos da Imigração Italiana em Curitiba

Na abertura da Festa de 145 anos da Imigração Italiana em Curitiba, o vice-prefeito Eduardo Pimentel destacou nesta sexta-feira (24/11), em Santa Felicidade, a recente inauguração da quarta Escola de Segurança Alimentar em Curitiba, a Casa Culpi, sediada no bairro.

“Após restauro, a Casa Culpi, que pertenceu ao seu Ancelmo Culpi (pioneiro) foi inaugurada com várias funções, mas em primeiro lugar, com o respeito à nossa tradição. A região ganhou uma Escola de Gastronomia para a profissionalização de vários setores, de modo gratuito através do SENAC, em parceria com a Prefeitura de Curitiba. Com toda certeza, está é uma ação importante, que valoriza toda a Regional de Santa Felicidade”, disse Eduardo Pimentel.

Convite público

Na cerimônia, Edurdo Pimentel convidou o público para prestigiar a ampla programação oficial do Natal de Curitiba – Luz dos Pinhais 2023.

“Nós lançamos, junto com o prefeito Rafael Greca, o maior Natal gratuito do país, com mais de 100 atrações. Quero convidar todos vocês para, neste domingo (25/11), às 19 horas, participarem da inauguração da maior árvore de Natal da cidade, com apresentação natalina no Parque Barigui, atrás da Expo Renault Barigui”, reforfou.

Também nesta sexta-feira (24/11), Eduardo Pimentel, ao lado do prefeito Rafael Greca, prestigiou a estreia do espetáculo Natal das Alturas – O Amor Presente, com patrocínio da empresa O Boticário.

Festa de 145 anos da imigração

Em Santa Felicidade, a abertura da Festa de 145 anos da Imigração Italiana em Curitiba, que segue neste sábado (25/11) e domingo (26/11), no trecho gastronômico da Avenida Manoel Ribas, contou com a presença de autoridades, lideranças comunitárias e religiosas, pioneiros do bairro e organizadores do evento.

Na cerimônia, a administradora regional, Simone Chagas Lima, destacou o apoio do Município, da organização, dos vereadores da região e das lideranças locais para a realização da Festa de 145 Anos da Imigração Italiana.

“É uma satisfação muito grande, como administradora regional, na ordem do prefeito Rafael Greca e do nosso vice-prefeito, Eduardo Pimentel, desde 2017, tentando manter a cultura italiana em voga, trazendo muito mais pessoas para esse lindo bairro italiano gastronômico com muitas ações importantes”, disse Simone.

A administradora destacou a inauguração da Casa Culpi, na ultima quinta-feira, e a revitalização do muro localizado na Praça São Marcos, onde se conta a história da imigração italiana no Paraná, em especial no bairro de Santa Felicidade, para celebrar os 145 anos (de imigração).

O Mural na Praça São Marcos foi inaugurado em alusão aos 140 anos de imigração italiana em Curitiba. A nova pintura agora é uma requalificação para celebrar a nova data (os 145 anos da imigração) junto com a entrega e abertura da Casa Culpi, em Santa Felicidade.

Atrações

A agenda da Festa de 145 Anos da Imigração Italiana em Curitiba inclui missa solene no palco principal, a Banda Lyra, Cantor Italiano, barracas com comidas típicas da culinária italiana, como frango frito, polenta frita, doces, vinho, apresentações culturais, bandalheira, dança italiana e celta, orquestra corais e bandas da região.

A festa é um atrativo marcante para moradores, turistas e também para o comércio em toda a região. Maicon Ragnel, de Campo Magro, levou a família para prestigiar o evento. “Nós costumamos participar das festas tradicionais em Santa Felicidade e em outros bairros também. Achamos muito importante valorizar a cultura local e as tradições da cidade”, disse.

Rangel levou toda a família para a festa. Ele foi acompanhado da mulher, Renata Zappani, da cunhada Julliana Zappani e dos filhos Gabriel (dois anos) e Rafaela, de cinco anos de idade.

“Nós adoramos festas assim e especialmente comer a comida típica italiana, como o frango frito e polenta, além de tomar um bom vinho italiano”, completou Renata Zappani.

Frango solidário

Bem no centro da estrutura montada no trecho gastronômico da Avenida Manoel Ribas, foi montada a barraca de Frango e Polenta da Paróquia São José. A barraca é tradicional, participa de todas as festas de imigração italiana e também de eventos pela cidade e região. Kelli Ferro e Paulo Roberto Dalazona, muito entusiasmados, valorizam a tradição da família transferida para a comida típica italiana vendida na barraca e também o valor cultural preservado, com a própria festa.

“Sem falar que a arrecadação vai ser revertida para a revitalização da Paróquia São José, em Santa Felicidade. Por isso, nosso trabalho é feito com tradição, amor, de modo solidário e com muita alegria”, disse Kelli Ferro, coordenadora do espaço gastronômico.

Fonte: Prefeitura de Curitiba