Eduardo Pimentel entrega ração para ONGs de Curitiba e repassa tablets para a fiscalização da Rede de Proteção

Eduardo Pimentel entrega ração para ONGs de Curitiba e repassa tablets para a fiscalização da Rede de Proteção

ONGs (Organizações Não Governamentais) que trabalham na proteção da causa animal em Curitiba tiveram boas notícias para celebrar nesta sexta-feira (26/1). O prefeito em exercício Eduardo Pimentel fez o repasse de 3.600 quilos de ração, do Banco Municipal de Ração de Curitiba, para 12 ONGs que são beneficiárias do programa da Prefeitura.

A entrega foi feita no Centro de Referência de Animais em Risco – CRAR, na CIC. No mesmo evento, Eduardo Pimentel anunciou o repasse de emendas parlamentares de vereadores para a entrega de tablets que vão ajudar no trabalho de fiscalização da equipe da Rede de Proteção Animal. O prefeito em exercício também viu de perto como ficaram as obras de revitalização que a Prefeitura fez no CRAR. Os investimentos nas obras foram de R$ 400 mil.

“Curitiba é referência nacional na proteção animal. Agradecemos ao trabalho feito por todos os protetores de animais e às ONGs, vocês trabalham em rede e isso ajuda muito. Eu tenho compromisso em continuar fortalecendo cada vez mais a causa animal na cidade de Curitiba. E também com os prefeitos da região metropolitana, porque o cão e o gato não sabem o limite do município”, disse Eduardo Pimentel. 

A secretária municipal do Meio Ambiente, Marilza Dias, lembrou que nesta sexta-feira (26/1) é celebrado o Dia Mundial da Educação Ambiental e o trabalho feito no CRAR também faz parte disso. “Aqui também é um local de educação ambiental para a guarda responsável de animais, aqui são animais resgatados de situação de risco e de maus tratos. É um espaço dedicado à adoção desses animais e a equipe da Rede de Proteção dá as orientações sobre a guarda responsável e cuidados com os animais”, explicou Marilza. 

Ração

Cada uma das 12 ONGs recebeu 300 kg de ração do Banco Municipal de Ração, que foram adquiridas com a emenda parlamentar do vereador Professor Euler. Todas as ONGs têm cadastro ativo junto à Rede de Proteção Animal de Curitiba. 

As seguintes instituições receberam as rações: Sociedade Protetora dos Animais de Curitiba, Associação Adote com Consciência, Associação Amigo Guaipeca, Associação Beneficente Salva Bicho, Associação do Amigo Animal, Associação Projeto Ajudei, Associação Somos Amigos dos Animais, Instituto Aumigão, Instituto Bicho Urbano, Associação Audote um Amiguinho, ONG Proteção Animal e Instituto Fica Comigo.

A protetora Carla Negochadle, do Instituto Fica Comigo, falou da importância de receber a ração doada pelo Banco Municipal de Ração.

“Ajuda bastante, porque a cada ração que a gente não precisa comprar sobra dinheiro para investirmos em vacinas e tratamentos veterinários e nos cuidados dos animais”, explicou Carla. 

Criado em 2019, pela Lei Municipal 15.449/2019, o Banco Municipal de Ração, através de arrecadações próprias e em parcerias, já fez a destinação de 160 toneladas de rações comerciais. Isso garantiu mais de 620 mil refeições para animais resgatados em situação de risco por ONGs e protetores independentes, além daqueles mantidos por pessoas em condição de vulnerabilidade social. 

Fiscalização

No evento desta sexta-feira (26/1) também foram entregues tablets para a equipe de fiscalização da Rede de Proteção Animal. Os equipamentos, que foram comprados com a emenda parlamentar do vereador Tico Kuzma, vão modernizar e facilitar a organização e o atendimento das denúncias de maus-tratos a animais que chegam à equipe.

O diretor de Pesquisa e Conservação da Fauna, Edson Evaristo, explicou que os equipamentos vão facilitar e deixar mais ágil o trabalho dos fiscais da Rede de Proteção Animal. “Com o tablet será possível fazer uma rota de fiscalização e isso vai beneficiar ainda mais a qualidade de vida dos animais e coibir os maus tratos. Será possível entrar direto no sistema do 156 e ver as solicitações dos moradores. Os fiscais também vão poder incluir fotos e vídeos dos atendimentos”, disse Evaristo.

Reformas

O CRAR passou por uma obra completa de revitalização. As reformas incluíram pinturas, novos pisos, melhoria da iluminação, criação de solário para os gatos saírem para pegar sol e sistema para captação e reuso de água de chuva. 

Inaugurado em junho de 2017, o CRAR possui infraestrutura predial para acomodar cerca de 60 animais, entre cães, gatos e animais de grande porte. São pets e cavalos vindos de apreensões e resgates. O local aloja principalmente cães e gatos encaminhados pela Unidade de Resgate Animal – Ambulância Veterinária. Desde o início deste serviço, em 2019, 2.400 animais em situação de rua vítimas de atropelamentos já foram socorridos.

O CRAR mantém uma campanha permanente de adoção gratuita de cães e gatos. O local funciona todos os dias, das 9h às 11h30 e das 13h30 às 15h30, na Rua Lodovico Kaminski, 1.381, CIC. Nos fins de semana e feriados, o atendimento é em regime de plantão.

O prefeito em exercício Eduardo Pimentel também visitou a Unidade de Vigilância de Zoonoses – UVZ, que fica no mesmo terreno do CRAR.

Presenças

Também acompanharam a entrega de rações e equipamentos no CRAR, os secretários municipais do Esporte, Lazer e Juventude, Carlos Eduardo Pijak Jr, e da Saúde, Beatriz Battistella; o Controlador Geral do Município, Daniel Conde Falcão Ribeiro; o administrador regional do Tatuquara, Marcelo Ferraz; os vereadores Professor Euler, Jornalista Márcio Barros, Mauro Bobato, Tico Kuzma e Zezinho do Sabará; os superintendentes de Controle Ambiental, Ibson Gabriel Martins de Campos, e de Obras e Serviços, Jean Brasil; protetores de animais e servidores da Rede de Proteção Animal de Curitiba.

Fonte: Prefeitura de Curitiba