Em Festa de Natal de Curitiba no Boqueirão, Eduardo Pimentel recebe Papai Noel e distribui presentes

Em Festa de Natal de Curitiba no Boqueirão, Eduardo Pimentel recebe Papai Noel e distribui presentes

O vice-prefeito e secretário estadual das Cidades, Eduardo Pimentel, prestigiou neste domingo (17/12) a 26ª Festa de Natal do Vila Hauer Esporte Clube, no bairro Boqueirão, em Curitiba.

Com a presença de pelo menos duas mil pessoas, o tradicional evento atraiu famílias inteiras de bairros próximos e distantes da cidade, em uma ação beneficente de distribuição de presentes doados por empresas parceiras, às crianças e idosos de instituições de longa permanência. 

Na cerimônia, Pimentel destacou a importância social da ação para os participantes, a tradição recorrente do evento na cidade e o apoio do Município. “É um trabalho maravilhoso, uma tradição de Curitiba que merece todos os elogios”, disse.

A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Esporte, Lazer e Juventude (Smelj), apoiou o evento e levou brinquedos para a diversão da garotada.

Chegada do Papai Noel 

Em passagem pela festa, o vice-prefeito, Eduardo Pimentel, aplaudiu a empolgante chegada do Papai Noel, em uma descida encantada de helicóptero sobre o gramado do campo do Vila Hauer Esporte Clube, onde ocorreu a programação.

Detalhe: entusiasta do futebol, Pimentel também acompanha com interesse o calendário do campeonato suburbana – nome conhecido do futebol amador em Curitiba. O vice-prefeito também coleciona camisetas de clubes de futebol. 

Programação movimentada

A ação social começou cedo, com a farta distribuição de guloseimas e presentes para crianças e idosos de instituições de longa permanência. Entre os voluntários da iniciativa, a jogadora de futebol amador e costureira Daiane dos Santos, destacou o envolvimento no evento. “É um trabalho que eu gosto de fazer e já está no terceiro ano”, disse.

Vestida de Mamãe Noel, Daiane está grávida e aguarda o nascimento do filho para maio de 2024.  “Esse é o meu presente”, enfatizou, ao acariciar a barriga enquanto entregava pacotes de pipoca ao público, logo na recepção à festa. 

Também vestida de Mamãe Noel chamou atenção a vira-latas Corona. Conduzida pelo tutor, Juarez Lima, a tranquilidade e simpatia do animal de pelagem negra despertaram o interesse de adultos e crianças. “Ela se chama assim (Corona) porque nasceu na época da pandemia (da Covid-19), mas é do bem”, disse Lima, morador do Boqueirão, há mais de 30 anos. 

Vila Hauer Esporte Clube

Com 73 anos de história, o Vila Hauer Esporte Clube faz festas de Natal desde 1997 e só quebrou a tradição uma vez. Foi em 2020, no auge da pandemia de coronavírus. No ano seguinte, em 2021, para manter o distanciamento social exigido pelas autoridades sanitárias, a distribuição de presentes e doces aconteceu pelo sistema drive-thru

A moradora da região Maria Dias, mãe de dirigentes do clube, é uma das importantes apoiadoras e simpatizantes da ação. “Ela está sempre presente e estimula a continuidade do evento”, conta o vice-presidente da agremiação, Valdir Luiz Dias, filho de Maria. 

Presença social

A festa deste domingo (17/12) contou ainda com a participação, entre várias instituições, da Polícia Civil. “É uma forma de mostrarmos que estamos perto da comunidade, inclusive em momentos de celebração como esse”, disse o delegado do Meio Ambiente de Curitiba, Guilherme Dias, filho de Valdir e também atleta de futebol amador. 

Participaram da festa também o presidente do clube, Vilson Luiz Dias, e o administrador regional do Boqueirão, Ricardo Dias. 

Dias não é parente da família organizadora da festividade.


 

Fonte: Prefeitura de Curitiba