Em Washington, Greca alinha suporte do WRI ao novo modelo de concessão do transporte de Curitiba com foco na eletromobilidade

Em Washington, Greca alinha suporte do WRI ao novo modelo de concessão do transporte de Curitiba com foco na eletromobilidade

O World Resources Institute (WRI) vai dar suporte à formatação do novo modelo de concessão do transporte público de Curitiba com foco na eletromobilidade. 

A intenção foi manifestada ao prefeito Rafael Greca pelo diretor de Mobilidade Urbana do WRI, Felipe Ramirez Buitrago, em reunião realizada na sede da instituição, em Washington (EUA), nessa quarta-feira (24/1). 

Futuro dos transportes

Este foi o primeiro compromisso da agenda do prefeito em Washington, que viajou aos Estados Unidos para participar do seminário do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Presente e Futuro dos Transportes, que acontece nesta quinta (25/1) e sexta-feira (26/1) na capital americana.

O WRI é uma organização global de pesquisa sem fins lucrativos sediada em Washington, que trabalha para proteger e restaurar a natureza. Tem como parte de seus objetivos a busca pela estabilização do clima e a construção de comunidades mais resilientes, a fim de garantir um futuro sustentável.

“Hoje nós dedicamos a nossa agenda ao encontro com o nosso estimado amigo Filipe Ramires, que já foi secretário de Transportes de Bogotá, na Colômbia, e que agora é diretor de mobilidade urbana da organização WRI. Essa importante organização é também parceira de Curitiba na nossa construção de eletromobilidade e de transportes públicos”, disse o prefeito. 

Além de Greca, participaram do encontro o secretário de Governo Municipal e presidente do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano (Ippuc), Luiz Fernando Jamur; o presidente da Urbs, Ogeny Pedro Maia Neto; a assessora de Investimentos do Ippuc, Ana Cristina Jayme; e o assessor de Articulação Política, Lucas Navarro de Souza.

BID também apoia

No ano passado, o BID já havia manifestado apoio ao novo modelo de transporte, através do presidente da instituição, o economista israelense-brasileiro Ilan Goldfajn. A concessão vigente do serviço público de transporte de Curitiba vence em 2025.

Greca reforçou que o suporte do BID é importante para que se crie um horizonte que permita a Curitiba chegar a 100% da frota com ônibus elétricos no futuro.

Mudanças urgentes

Greca falou também sobre a necessidade de se optar por ações sustentáveis pelo bem do futuro do planeta, lembrando que Curitiba adotou a governança inovadora como Plano de Adaptação e Mitigação das Mudanças Climáticas de Curitiba (PlanClima), criado a partir da assinatura da Carta de Compromisso da Cidade de Curitiba com a Deadline 2020 – Meta 2020 da Rede C40 de Grandes Cidades para Liderança do Clima.

“Nós já estamos sentindo os efeitos das mudanças climáticas no Brasil com tempestades catastróficas. Por isso temos pressa em buscar ações mais sustentáveis para mitigar o aquecimento global”, disse Greca.

Iniciativa elogiada

O diretor do WRI elogiou a iniciativa de Curitiba de dar um passo decisivo para tornar a mobilidade moderna e sustentável.

“Estamos muito felizes em apoiar todas as iniciativas de transformações de Curitiba que agora se prepara para adotar os ônibus elétricos e infraestrutura para meios de transporte sustentável, porque isso vai resultar em benefícios para todos os habitantes da cidade. Podem sempre contar com nosso apoio para implantar iniciativas como esta que trazem muitos benefícios para a qualidade de vida das pessoas”, disse Ramirez.

Legado para a cidade

Para o secretário Luiz Fernando Jamur, o início da eletromobilidade planta a semente da modernidade no transporte coletivo de Curitiba.

“É muito importante deixar este legado para a cidade Temos que trabalhar pela descarbonização e ao mesmo tempo dar um salto qualitativo no transporte”, disse Jamur.

Mobilidade urbana na pauta

Nesta quinta (25/1), a partir das 9h (horário local), o prefeito participa da abertura do seminário Presente e Futuro do Transporte, organizado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento.

A fala de Greca no evento está programada para às 10h30 no painel sobre mobilidade urbana, que abordará os objetivos de desenvolvimento nas cidades e o papel da mobilidade urbana nesse contexto, assim com os impactos da parceria do BID com os projetos de Curitiba.

Fonte: Prefeitura de Curitiba