FAS recebe 300 quilos de alimentos arrecadados pelo projeto Natal Solidário

FAS recebe 300 quilos de alimentos arrecadados pelo projeto Natal Solidário

A Fundação de Ação Social (FAS) recebeu uma doação de 300 quilos de alimentos não perecíveis do projeto Natal Solidário. Com 24 anos de história, o projeto, nascido no Paraná e estendido ao Rio Grande do Sul e Piauí, realiza a nobre missão de arrecadar donativos para instituições que assistem pessoas em situação de vulnerabilidade social.

A entrega das cestas básicas, marco inaugural do Natal Solidário em Curitiba, foi realizada no Disque Solidariedade nessa segunda-feira (4/12) por integrantes do grupo.

A presidente da FAS, Maria Alice Erthal, agradeceu o gesto de solidariedade. “Essa doação é muito importante pois garantirá que mais famílias que passam por dificuldades tenham garantido o alimento na mesa”, disse. Ela destacou ainda que as cestas básicas serão distribuídas a famílias atendidas nos Centros de Referência de Assistência Social (Cras), que fazem parte da rede de atendimento da assistência social no município.

União de esforços

Jorge Emílio Kulik, idealizador do Natal Solidário, e representante da Associação de Moradores do Jardim Botânico e do Conselho de Segurança do Jardim Botânico, juntamente com a administradora da Regional Matriz, Rafaela Lupion, estiveram presentes na entrega na sede da FAS, fortalecendo a união em prol da solidariedade.

Além da FAS, outras dez instituições foram agraciadas nesta segunda-feira, totalizando cerca de dez toneladas de alimentos, brinquedos para 300 crianças, e materiais de higiene pessoal e limpeza.

Mônica Fonseca, diretora social da Associação de Moradores do Jardim Botânico, destacou a intenção de tornar o Natal Solidário uma tradição em Curitiba, com a FAS sempre entre as instituições beneficiadas.

O projeto Natal Solidário, que teve seu início em Cascavel e se expandiu para diferentes cidades, incluindo Ponta Grossa, Guarapuava, e também estados, como Rio Grande do Sul e Piauí, tem planos de alcançar o Mato Grosso em 2024. Executado por voluntários, o projeto conta com o suporte valioso de empresas doadoras e veículos de imprensa.

Fonte: Prefeitura de Curitiba