Greca lança serviço de bicicletas compartilhadas com sistema inédito em Curitiba

Greca lança serviço de bicicletas compartilhadas com sistema inédito em Curitiba

O prefeito Rafael Greca e a diretora de Relações Externas da Tembici, Juliana Minorello, colocaram em operação nesta segunda-feira (17/7) 250 bicicletas públicas distribuídas em 20 estações, em diversos endereços da cidade. O sistema de bicicletas compartilhadas com estações fixas, inédito em Curitiba, fortalece a ciclomobilidade como componente relevante da intermodalidade do transporte público curitibano.

“A ideia é colocar bicicletas compartilhadas para estimular a ciclomobilidade como modal de transporte, com estações próximas aos terminais e na área central da cidade. Até o final de agosto, outras 250 bicicletas elétricas entrarão em operação”, explicou o prefeito.


A Tembici empresa líder em tecnologia para micromobilidade na América Latina, trouxe um diferencial para Curitiba, o plano gratuito de 10 dez dias.

“Estamos entusiasmados em anunciar o lançamento do projeto de bicicletas compartilhadas em Curitiba, cidade referência em planejamento urbano e mobilidade sustentável e inteligente no país. Em celebração ao lançamento do serviço, os usuários têm à disposição um plano especial com 10 dias grátis para experimentação”, contou Juliana.

Esta é a primeira fase do contrato da Prefeitura e Tembici, em que os usuários terão à disposição 250 bicicletas mecânicas. Até o fim de agosto, 250 bicicletas elétricas e estações de carregamento entrarão em operação na cidade em diversos endereços. No total, os curitibanos e turistas terão à disposição 500 bicicletas compartilhadas disponíveis para locação por meio de aplicativo. Todas as bicicletas têm GPS para evitar furtos ou vandalismo. “O serviço tem índice de vandalismo inferior a 0,02%”, esclarece a diretora.

Para utilizar as bicicletas compartilhadas, basta baixar o aplicativo Tembici, fazer um cadastro, selecionar Curitiba, e escolher os planos ofertados. O app está disponível nas plataformas Android, pela GooglePlay e iOS, na Apple Store. O serviço funcionará de forma ininterrupta, 24 horas, sete dias por semana. As bicicletas podem ser desbloqueadas por QR Code, ou pelo teclado disponível nas vagas de cada uma das bikes. Ao finalizar o uso, as bikes devem ser devolvidas obrigatoriamente em uma das estações.

Estações

Os endereços das estações foram definidos em conjunto pela Tembici e técnicos do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc) e da Setran, com base em critérios de proximidade à infraestrutura cicloviária, possibilidades de maior demanda e respeito às questões urbanísticas da cidade.

O sistema possibilita a conexão a diferentes modais com estações próximas de importantes conexões com o transporte público por estações-tubo e terminais como Cabral, Portão, Guadalupe e Campina do Siqueira, além da Estação Rodoferroviária.

Para conferir os endereços das estações, clique aqui e acesse o mapa.

Sobre a Tembici

Com Curitiba, a Tembici expande sua atuação e está presente em 14 cidades, com mais de 24 mil bicicletas. A empresa é líder em tecnologia para micromobilidade na América Latina, responsável por mais de 200 milhões de deslocamentos com bicicletas nas principais capitais brasileiras, como Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador, Recife e Porto Alegre, além de Santiago, no Chile, Buenos Aires, na Argentina, e Bogotá, na Colômbia. Reconhecida como uma das startups mais promissoras e inovadoras do país, ao longo dos últimos anos a empresa foi responsável pela economia potencial de 38 mil toneladas de CO2 que seriam lançadas na atmosfera. Em 2022, a empresa realizou o primeiro leilão de créditos de carbono por micromobilidade no mundo e se tornou a maior Empresa B de bicicletas compartilhadas globalmente e em 2023 foi premiada pelo como uma das empresas mais influentes em mobilidade.

Compareceram ao evento o secretário do Governo Municipal e presidente do Ippuc, Luiz Fernando Jamur; a presidente da Fundação de Ação Social, Maria Alice Erthal, a secretária municipal da Comunicação Social, Cinthia Genguini, a superintendente de Trânsito, Rosângela Battistella; o presidente da Urbs, Ogeny Pedro Maia Neto; o secretário de Assuntos Metropolitanos, Leverci Silveira Filho; o secretário municipal do Esporte, Lazer e Juventude, Carlos Eduardo Pijak Jr.; o presidente do Instituto Curitiba de Saúde, Tiago Waterkemper; o secretário municipal de Planejamento, Finanças e Orçamento, Cristiano Hotz; a administradora da Regional Matriz, Rafaela Lupion; o presidente da Câmara de Vereadores, Marcelo Fachinello; o líder do governo na Câmara, vereador Tico Kuzma e os vereadores Mauro Bobato, Sidney Toaldo, Serginho do Posto, Beto Moraes, Bruno Pessuti e João da 5 Irmãos.

Fonte: Prefeitura de Curitiba