Guardas da RMC conhecem o sistema integrado da Muralha Digital

Guardas da RMC conhecem o sistema integrado da Muralha Digital

 

Representantes das cidades que integram o Consórcio Intermunicipal das Guardas Municipais da Região Metropolitana de Curitiba (Coin) conheceram nesta quinta-feira (11/8) o Centro de Controle Operacional (CCO) da Muralha Digital, onde estão concentradas as imagens da cidade em tempo real e de onde são coordenadas as operações e atendimentos.

O comandante da Guarda Municipal de Curitiba, inspetor Carlos Celso dos Santos Júnior, apresentou as diferentes ferramentas disponíveis, como as câmeras com visão térmica instaladas em cemitérios municipais e as câmeras de reconhecimento facial.

“Temos recursos de última geração que têm contribuído na vigilância e segurança da nossa cidade, impactando na redução de crimes e ocorrências nos principais espaços públicos monitorados pelas imagens da Muralha Digital, que são analisadas em tempo real por guardas municipais”, afirmou o comandante.

Reunião

Após a visita na Muralha Digital, os participantes se reuniram para discutir o andamento do processo de registro e formalização do consórcio. A assessora especial do gabinete do prefeito, Cibele Fernandes Dias, explicou que os trâmites estão em fase final e obedeceram rigorosamente a legislação vigente.

Ela alertou ainda que os representantes dos municípios devem prever os custos de operação do consócio na Lei Orçamentária Anual (LOA) do ano que vem, para que o trabalho possa avançar como previsto.

Outro ponto de destaque foi a participação de representantes do Coin no Congresso Nacional das Guardas Municipais, que aconteceu na cidade de Natal (RN), no mês de julho. Na ocasião, um membro do consórcio da cidade de Campo Largo, Marcos Roberto Leitão, foi indicado para integrar o Conselho Nacional das Guardas Municipais, o que representa uma significativa conquista para o grupo.

A reunião contou ainda com a presença de representantes das cidades de Campina Grande do Sul, São José dos Pinhais, Pinhais, Quatro Barras, Campo Largo, Araucária e Fazenda Rio Grande; do superintendente executivo de Defesa Social, José Semmer Neto; e do coordenador do GGI Municipal, Munir Guérios Filho.

Histórico

O COIN foi idealizado e liderado por Curitiba, sob coordenação do Gabinete de Gestão Integrada (GGI) Municipal. Um protocolo de intenções foi firmado em abril de 2017, no qual os dez municípios comprometeram-se a, individualmente, aprovar suas leis municipais de autorização para ingresso no consórcio, que tem como sede o município de Curitiba, junto à Secretaria Municipal de Defesa Social e Trânsito.

Fonte: Prefeitura de Curitiba