Intervenções da Prefeitura agradam moradores no Pinheirinho

Intervenções da Prefeitura agradam moradores no Pinheirinho

 

Os moradores das ruas José Luz e Helena Carvalho da Silva Corrêa, no bairro Pinheirinho, estão mais tranquilos depois que a Prefeitura fez uma intervenção para amenizar o problema de alagamento no local em dias de chuva.

A ação é do Departamento de Manutenção Urbana (DMU), da Secretaria do Governo Municipal (SGM), e faz parte das atividades das equipes do programa Zeladoria Urbana, que incluem também equipes das secretarias do Meio Ambiente, de Obras Públicas e pessoal terceirizado.

Alagamento e erosão

O problema na Rua José da Luz ocorria em épocas de fortes chuvas. O grande volume de água escorria e escavava a rua, que era de pavimento primário (saibro) e a água e lama invadiam as casas e o comércio na Rua Helena Carvalho da Silva Corrêa, que ficam abaixo do nível da rua.

Urbanização da área

Na Rua José da Luz, a Prefeitura implantou 60 metros de tubos de concreto armado de 400 milímetros e cinco caixas de captação para levar a enxurrada desaguar no Arroio Pinheirinho. Além disso, foram colocadas bocas de lobo e 70 metros de meio-fio e o trecho final da rua recebeu 40 metros de asfalto, completando a urbanização da área.

“Melhorou muito visualmente. Ainda não tivemos uma chuva expressiva para testar a obra, mas estamos otimistas”, disse a moradora Gilci da Silva.

Quem também está otimista é o comerciante Carlos Faria, dono da Mercearia Boa Sorte, que fica na Rua Helena Carvalho da Silva Corrêa. Ele relatou como era situação antes de a obra ser feita.

“Descia muita água, invadia a calçada e chegava a alagar a loja. Quando chovia à noite não conseguia dormir de tão preocupado que ficava com a loja. Com a obra melhorou 100%. Esperamos que tenha resolvido o problema”, disse.

 

Apelo pela conscientização

Seu Milton Martins, que mora há 26 anos na Rua Helena Carvalho da Silva Corrêa, também foi um dos solicitantes da obra.

“O problema do alagamento aqui começou quando aterraram o terreno vizinho. Foi uma luta para a gente conseguir esta obra, mas felizmente ela aconteceu”, disse Milton.

Ele ressalva que além do poder público, é preciso a colaboração do povo para preservar a benfeitoria.

“Espero que tenha resolvido, mas vai depender muito da educação do povo de não jogar lixo nas galerias pluviais”, cobrou Milton.


27,8 mil metros de drenagem

Além desta ação, no primeiro semestre deste ano, a Prefeitura realizou 27.831 metros de intervenções de drenagem na Regional Pinheirinho, formada pelos bairros Capão Raso, Fanny, Lindóia, Novo Mundo e Pinheirinho.

São ações como limpeza de galerias e bocas de lobo, além da desobstrução de rios córregos e canais nos bairros da regional, um trabalho fundamental amenizar os riscos de alagamentos.

Mato cortado

Os serviços de roçada também são constantes nos bairros da região e foram feitos no primeiro semestre deste ano em 1.227.116 metros quadrados.

São parques, canteiros, praças e ruas que recebem serviços de roçadas constantes para manter o espaço urbano em condições de bom uso para a população.

Paver e asfalto

Outras obras que estão agradando bastante os moradores são as intervenções que a Prefeitura está fazendo nas ruas. Um dos exemplos é a pavimentação de paver da Rua Wilson Stadler, no Pinheirinho, ao longo de 185 metros, do pavimento existente até a Rua Reinaldo Stocco.

Andréia de Fátima Oliveira, que mora há 30 anos no local, disse que a obra da Prefeitura é o resultado de um sonho realizado. Na parte que a rua tem uma baixada, a água empossava em dias de chuva, problema que foi sanado com a implantação do sistema de drenagem e galerias pluviais.

“Está ficando uma maravilha a nossa rua, agora toda calçada. Todo mundo aqui está muito contente”, garantiu Andréia de Fátima Oliveira.

Na Rua Manoel Mendes, o antipó desgastado e o saibro deram lugar a asfalto de qualidade. “O antigo pavimento causava muita trepidação quando a gente usava o carro. O fim da rua era de saibro e tinha muito barro também. Agora ficou dez”, disse Mário Luiz da Silva, morador no local há 20 anos.

Ele disse que o próximo passo será fazer a calçada em frente da casa. A intervenção na Manoel Mendes ocorre no trecho de 102 metros entre as ruas Brigadeiro Eduardo Gomes e Adão Ordakowski.

Além do asfalto, a via que corta o Arroio Pinheirinho ganhou urbanização completa, com serviços de drenagem, com construção de galerias de águas pluviais, implantação de bocas de lobo e meio-fio.

As ações de reciclagem e implantação de pavimento, se somam ao trabalho contante que a Prefeitura faz na manutenção da malha viária existente para mantê-la em boas condições, através das operações tapa-buraco. Nos primeiros seis meses do ano foi realizada a manutenção em 109.563 metros nos bairros da regional.

Região mais iluminada

Os bairros da Regional Pinheirinho também estão mais iluminados, com a instalação de modernas luminárias de LED em ruas, ciclovias, parques e praças da região.

Em 2022, foram instaladas 1.119 lâmpadas de LED (mais modernas e eficientes) nos bairros. Quando se considera o período de janeiro de 2017 a 30 de junho deste ano, foram instaladas 3.128 lâmpadas de LED na região.

 

Fonte: Prefeitura de Curitiba