Léo Fé leva seu samba premiado para Caravana Étnica do Cajuru. Veja programação

Léo Fé leva seu samba premiado para Caravana Étnica do Cajuru. Veja programação

 

O cantor, compositor e percussionista Léo Fé e seu grupo Batucada da Reza são uma das atrações da próxima Caravana Étnico-Cultural, que será realizada no Cajuru, no próximo sábado (17/9).

O programa criado da Prefeitura de Curitiba promove ações afirmativas e reforça a representatividade das populações negra, indígena e cigana da capital e vai passar pela dez regionais da cidade.

Sambista premiado (veja mais abaixo), Léo vai mostrar parte do repertório do show Negro Samba de Fé, que inclui sambas de raiz de Curitiba e composições próprias, também de inspiração de obras antigas.

Léo resgata Maé da Cuíca e Chocolate, sambistas referência da capital.

Considerado o maior sambista de Curitiba, Maé morreu em 2012, aos 85 anos. Foi fundador da primeira escola de samba da capital, a Colorado, criada em 1946, e é autor de músicas como Deixa o Moço Falar.

Também produtor e pesquisador da área, Léo co-produziu (com Ricardo Salmazo) o álbum O Bamba da Vila Tássi, reunindo sambas de Maé da Cuíca.

Chocolate, por sua vez, também fez parte da Colorado (extinta na virada dos anos 1990 para 2000), mas saiu para fundar outra escola, a Ideais do Ritmo. Compôs Réquiem para Mamangava, em homenagem a um parceiro de samba.

Ativo na cena cultural

Léo é presença constante na cena cultural da cidade, incluindo as ações ligadas ao movimento negro, como as apresentações na Feira de Cultura Africana da Praça Zumbi dos Palmares e no Teatro da Vila.

Prêmio na terra do samba

Com uma sólida carreira na capital, o curitibano Léo, de 37 anos, conseguiu um feito de respeito no mundo do samba.

No ano passado ele foi o vencedor do segundo Festival de Partido Alto, promovido pelo Museu do Samba do Rio de Janeiro, cidade considerada a terra do samba, onde vivem e atuam inúmeros grandes sambistas.

A música que rendeu o troféu com “Daqueles que Ninguém Mais Canta”, composta em parceria com o grupo carioca Gogó de Ouro.

Partido Alto é considerado um dos subgêneros mais tradicionais do samba.

“Havia 77 inscritos e eu era o único de fora”, orgulha-se ele.

Serviço: Caravana Étnico-Cultural do Cajuru

Local: Rua da Cidadania (Rua Prefeito Mauricio Fruet, 2.150, Cajuru)

Data: sábado (17/9)

Horário: das 13h30 às 18h30

Mais informações: (41) 3221-2712

 

Veja a programação* da Caravana do Cajuru

  • 13h40 – Grupo Baquetá – KARINGANA UA KARINGANA! Histórias de Áfricas. 
  • 14h20 – Abertura e entrega de certificados. 
  • 14h40 – Apresentação do Coral Negro de Curitiba. 
  • 15h – Léo Fé e Batucada Reza – Negro Samba de Fé. 
  • 15h40 – Daniel Monteles – Tudo é Imenso.
  • 16h20 –  Apresentação de Maracatu – Associação de Moradores Moradias Cajuru. 
  • 17h – Diego Raimundo e Charles Espíndola – Raicharles Duo. 
  • 17h40 – 16 Canais Produções Culturais Ltda – Culturas Indígenas e Moda.

*Programação sujeita a alterações.

Fonte: Prefeitura de Curitiba