Moradores de Curitiba voltam a trocar recicláveis por alimentos da Agricultura Familiar com o Câmbio Verde

Moradores de Curitiba voltam a trocar recicláveis por alimentos da Agricultura Familiar com o Câmbio Verde

Os caminhões do Câmbio Verde, que trocam recicláveis por hortifrutis frescos da Agricultura Familiar, voltaram às ruas de Curitiba. Essa terça-feira (16/1) foi o primeiro dia do programa da Prefeitura de Curitiba em 2024, nas regionais Boa Vista, Boqueirão e Cajuru. Nesta quarta-feira (17/1) é a vez das regionais Bairro Novo, Boqueirão, Cajuru e Portão.

A iniciativa é coordenada pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente, que já divulgou o calendário para 2024. As trocas acontecem a cada duas semanas, exceto em feriados, com dia e hora marcados. O Câmbio Verde funciona de terça a sexta-feira, das 9h às 16h, em 103 pontos.

  • CLIQUE AQUI para saber os endereços e horários do Câmbio Verde

“O programa atende aos pilares da sustentabilidade porque, além de ajudar a alimentação da população, beneficia a agricultura familiar e as associações de catadores de materiais recicláveis, e contribui com o meio ambiente ao destinar adequadamente os resíduos coletados”, explica a gerente de Limpeza da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, Eliane Chiuratto.

Planejamento de semanas

Para alguns moradores de Curitiba participar do Câmbio Verde já faz parte do cotidiano, como conta Edna da Silva, de 63 anos.

“Eu moro muito perto de um dos pontos de troca, e já vou me planejando para depois conseguir bastante alimento. É muito bom, já que o lixo não teria nenhuma outra utilidade”, conta Edna.

Já Maria Aparecida Nodolny, de 68 anos, usa o Câmbio Verde há mais de três décadas com o filho Jason Nodolny, de 38 anos, e explica como valoriza o programa.

“Eu venho aqui desde sempre, quando ele ainda era pequeno, e é muito importante para nós ter essa possibilidade, e ver que mais pessoas estão participando” relata Maria Aparecida. “É bom porque contribui com a nossa limpeza, e ajuda aqueles que mais precisam”, completa Jason.

Programa de sucesso

Ao longo de 2023, o programa Câmbio Verde atendeu mais de 61,8 mil curitibanos. Foram coletadas 2.850 toneladas de material reciclável e entregue 890 toneladas de alimentos.

Como funciona

Cada quatro quilos de lixo reciclável podem ser trocados por um quilo de frutas e verduras. E quatro litros de óleo usado acondicionado em garrafas PET valem um quilo de alimento. 

O material recolhido tem o mesmo destino do que é levado pelos caminhões da coleta seletiva (Lixo que Não é Lixo), ou seja, os barracões das associações do Ecocidadão, que fazem a separação e a venda do material.

O Câmbio Verde é realizado em parceria entre as secretarias do Meio Ambiente e da Segurança Alimentar e Nutricional.

Fonte: Prefeitura de Curitiba