Motoristas de táxi podem solicitar revogação de licença cassada

Motoristas de táxi podem solicitar revogação de licença cassada

 

Os taxistas que tiveram as licenças cassadas por pendências financeiras e administrativas de março de 2020 até agosto de 2022 poderão solicitar revogação da cassação à Urbanização de Curitiba S/A (Urbs). A medida está no ato 040/2022 assinado pelo presidente da Urbs, Ogeny Pedro Maia Neto e publicado nesta quarta-feira (31). Confira os detalhes neste link.

O número de taxistas cassados por pendências é de 102 motoristas. “Aqueles que quiserem solicitar a revogação, devem quitar todas as dívidas existentes para obter a autorização”, explica Ogeny.

O pagamento pode ser feito à vista ou parcelado em até três vezes no cartão de crédito. Os motoristas têm até 60 dias, a partir da data de publicação, para registrar o pedido de revogação das cassações. Interessados devem procurar a Área de Mobilidade Comercial.

Apoio à categoria

A medida atende a solicitação de taxistas que sofreram com a crise econômica causada pela pandemia da covid-19. “Desde o início da pandemia, a Urbs vem se esforçando para viabilizar a manutenção e apoiar os autorizatários”, conta Ogeny.

Outro benefício concedido aos motoristas foi isenção da taxa de outorga, referente ao período de 2021, projeto da Prefeitura encaminhado e aprovado pela Câmara de Vereadores. A proposta se estende também para permissionários do transporte escolar. O valor referente à taxa de outorga devida pelos taxistas chega a R$ 3,8 milhões.

Além da isenção da taxa, o município e a Urbs puseram em prática uma série de medidas para amenizar os efeitos da pandemia, tais como a isenção total de taxas administrativas durante todo o período em que o município esteve em situação de emergência pela covid-19.

Fonte: Prefeitura de Curitiba