Para avanço nas obras da Prefeitura de Curitiba, Linha Verde tem novo desvio no Bairro Alto

Para avanço nas obras da Prefeitura de Curitiba, Linha Verde tem novo desvio no Bairro Alto

Com avanço nas obras na Linha Verde Norte (Lote 4.1) e para o início de uma nova frente de obras na região do Bairro Alto, haverá mudança no trânsito no trecho de 900 metros desde a altura do Mercado Atacadão até o Assaí Atacadista.

Desde sábado (16/12), os motoristas que transitam pela via marginal da Linha Verde (a principal para veículos), no sentido São Paulo, precisam desviar para a nova faixa de concreto – que no futuro será a canaleta exclusiva do transporte coletivo – e seguir até a altura do Assaí Atacadista para então retornar à via marginal.

O local está sinalizado e o motorista deve ficar atendo à mudança. Na Linha Verde, a velocidade permitida é de 70 km por hora, porém, nos trechos em obras, o limite baixa para 40 km por hora.

“Com a mudança no trânsito, serão liberadas novas frentes de serviço para continuar as obras de pavimentação em mais 880 metros da via marginal direita e mais 320 metros na via local direita”, explica o secretário municipal de Obras Públicas, Rodrigo Araújo Rodrigues.

Neste ano foram concluídos e liberados 2,1 km de pista principal à passagem dos motoristas, no sentido sul e norte.

Lote 4.1

O Lote 4.1 é o trecho final da Linha Verde e os trabalhos são os mais complexos da intervenção. Incluem as chamadas obras de arte (trincheiras e alças de acesso), terraplanagem, pavimentação, drenagem, paisagismo, sinalização viária, relocação de postes de energia, semaforização e acessibilidade.

Também contemplam a infraestrutura para as futuras estações de ônibus Atuba e Solar. São quase 3 km de trecho, desde a altura do Hospital Vita até a concessionária Mercedes/Savana, e há serviços ao longo de toda a extensão, em diferentes etapas.

Na gestão do prefeito Rafael Greca foram finalizados e colocados em funcionamento os lotes 3.1 da Linha Verde Norte, do Viaduto da Avenida Victor Ferreira do Amaral até as proximidades do Hospital Vita, com extensão aproximada de 2,46 km, e o 3.2, com extensão de 2,8 km, que inclui a trincheira que liga a Rua Fúlvio José Alice, no Bairro Alto, à Rua Amazonas de Souza Azevedo, no Bacacheri.

Com as duas entregas, 85% do eixo da Linha Verde que serve ao transporte coletivo foram concluídos.

Fonte: Prefeitura de Curitiba