Prefeitura de Curitiba lança mais uma etapa de testes com ônibus elétricos da Eletra

Prefeitura de Curitiba lança mais uma etapa de testes com ônibus elétricos da Eletra

O prefeito Rafael Greca anunciou na manhã desta segunda-feira (17/7), na praça 29 de Março, nas Mercês, mais uma etapa de testes com ônibus 100% elétrico no transporte coletivo da capital. O ônibus Eletra, tipo padron, de 15 metros, começa a rodar com passageiros na próxima semana na linha Interbairros II, que transporta 65 mil pessoas por dia e tem 42,5 quilômetros de trajeto.

É o segundo modelo da montadora brasileira a ser testado na capital. A Prefeitura também avaliou o desempenho do Eletra padron de 12 metros por cerca de 30 dias.  

“Aqui, na Praça 29 de Março, nesse marco que simboliza o passado com a fundação de Curitiba, estamos ao lado do marco que simboliza o futuro da nossa cidade, que é o ônibus elétrico”, disse o prefeito.

A meta é que 30% da frota de ônibus de Curitiba seja de emissão zero até 2030, percentual que deve chegar a 100% até 2050.

Pouco antes de lançar a nova etapa de testes, o prefeito anunciou o início do serviço de bicicletas compartilhadas na capital. Na sequência, Greca inaugurou um novo modelo de placas de ruas. “O futuro do transporte é a eletromobilidade. Os ônibus elétricos têm emissão zero de CO2, não tem ruído e ainda trazem mais conforto para os passageiros”, completou. 

Nova concessão

A Eletra integra o cronograma de testes que servirão de base para o edital de compra dos ônibus elétricos da capital já dentro do novo contrato de concessão, a partir de 2025.

Os primeiros ônibus elétricos devem começar a rodar, no entanto, a partir de junho de 2024. Serão investidos R$ 200 milhões na compra de 70 ônibus que devem ser integrados à frota do município para circular nas linhas Interbairros II e nos Ligeirinhos.

Curitiba iniciou a série de testes técnicos em abril, com a chinesa BYD, que trouxe o seu ônibus elétrico articulado. Além da BYD e da Eletra, a gaúcha Marcopolo também fez sua estreia nos testes e desde o final de junho está rodando com seu ônibus padron na linha Interbairros II.

“Teremos dois modelos em teste no Interbairros II nos próximos dias. A ideia é fazer testes na mesma linha para que tenhamos uma mesma base de comparação entre as marcas, podendo avaliar performance nas mesmas condições de trabalho”, explicou o presidente da Urbanização de Curitiba (Urbs), Ogeny Pedro Maia Neto.

Serão avaliados itens como o consumo de energia, cumprimento da autonomia preconizada, níveis de ruídos e o desempenho do ônibus em variadas topografias (aclives, declives e plano).

Até outubro, seis empresas devem executar testes com nove ônibus elétricos em Curitiba. Além de BYD, Eletra e Marcopolo, estão previstos testes com Volvo, Mercedes e Higer.

O modelo Eletra XY045, do tipo padron, tem capacidade para até 78 passageiros. O chassis é Scania, a carroceria é Caio, o motor e a bateria são Weg. A autonomia é de 220 a 250 quilômetros e as baterias do veículo serão carregadas de duas a quatro horas no período noturno na garagem da empresa Redentor. Sete motoristas, sendo três mulheres, foram treinados para dirigir o veículo

Com capital 100% nacional, a Eletra tem fábrica em São Bernardo do Campo (SP), com capacidade para produzir 1,8 mil elétricos por ano.

Presenças

Também participaram da apresentação o secretário municipal de Governo e presidente do Ippuc, Luiz Fernando Jamur; o secretário de Planejamento, Finanças e Orçamento, Cristiano Hotz; de Esporte, Lazer e Juventude, Carlos Eduardo Pijak Jpunior; a secretária municipal de comunicação social, Cinthia Genguini; a superintendente de Trânsito, Rosângela Battistella; a presidente da FAS, Maria Alice Erthal; o presidente do ICS, Tiago Waterkemper; a administradora da regional da Matriz, Rafaela Lupion; o secretário de assuntos metropolitanos, Leverci Silveira Filho; o presidente da Câmara Municipal, Marcelo Fachinello; o líder da Prefeitura na Câmara Municipal, Tico Kuzma;  os vereadores Mauro Bobato, Sidney Toaldo, Serginho do Posto, Beto Moraes, Bruno Pessuti, João da 5 Irmãos, Alexandre Leprevost e Indiara Barbosa; além dos gestores da Urbs Celso Lucio (Especificação e Gestão de Frota), Sergio Oliveira (Operação) e Claudinei Moro (Fiscalização); a assessora do Ippuc Ana Jayme (Investimentos); o presidente do Setransp, Mauro Gulin; o presidente da CWBus e diretor da Redentor, Angelo Gulin.

Fonte: Prefeitura de Curitiba