Prefeitura de Curitiba recupera pavimento da via rápida do Santa Cândida; fique atento aos bloqueios parciais

Prefeitura de Curitiba recupera pavimento da via rápida do Santa Cândida; fique atento aos bloqueios parciais

A via rápida Santa Cândida-Centro está recebendo melhorias no pavimento numa extensão de 6.500 metros, entre a Avenida Paraná até o encontro com a Rua Lysimaco Ferreira da Costa, no Centro Cívico.

O trabalho está sendo realizado por equipes contratadas pela Superintendência de Manutenção Urbana da Secretaria do Governo Municipal (SGM)

A técnica utilizada é a de fresa e recape e a nova capa de pavimento aplicada é feita com asfalto borracha (massa asfáltica que conta com pneus descartados na composição).

O trânsito funciona com bloqueios parciais que são realizados de acordo com o andamento do trabalho, que deverá ser concluído em março se as condições do tempo permitirem.

Na hora certa

De acordo com o superintendente de Manutenção Urbana, João Vidal Filho, uma avaliação técnica determinou que na via rápida do Santa Cândida não existia a necessidade de trocar todo o asfalto, mas a necessidade de manutenção em alguns pontos era urgente para evitar que o pavimento se deteriorasse.

“Se a intervenção não for realizada no momento certo, o pavimento passa a se degradar rapidamente, o que aumenta significativamente os custos de recuperação futuros”, justificou Vidal Filho.

Melhoria elogiada

No trajeto, a via rápida recebe diferentes nomes e as melhorias, então, serão realizadas nas ruas João Gbur, Jovino do Rosário, Rio Belém e Campos Sales.

Diva Maria Carvalho, que mora há três anos no trecho nominado como Rua Jovino do Rosário, está contente com a chegada das melhorias.

“Está ficando muito bom. A rua estava precisando de uma nova camada de asfalto. O tapa-buraco não dava mais jeito nesse trecho”, comentou a moradora, que estava acompanhada da neta Giovana, de 4 anos.

Transporte coletivo

A via rápida do Santa Cândida é importante rota do transporte coletivo para Curitiba e cidades da região metropolitana. Por ali passam as linhas B78 São Gabriel/Guadalupe, 265 Ahú/Los Angeles, A01 Cachoeira/Curitiba, 205 Barreirinha, 272 Paineiras, 274 Santa Gema, 275 Fernando de Noronha/Laranjeiras, 280 Nossa Senhora de Nazaré, A01 Cachoeira/Curitiba, A05 Mad. Curitiba/Tamandaré (via Graziela), B69 Mad. Curitiba/São Dimas, B73 Jardim Osasco/Guadalupe, entre outras.

Fonte: Prefeitura de Curitiba