Prefeitura divulga lista de servidores que vão receber licença-prêmio

 

As secretarias municipais de Planejamento, Finanças e Orçamento (SMF) e de Administração, Gestão de Pessoal e Tecnologia da Informação (Smap) divulgaram nesta segunda-feira (29/8) a lista definitiva de servidores que vão receber, em dinheiro, o valor correspondente à licença-prêmio vencida e não fruída.

“Com esses recursos, nós vamos movimentar ainda mais o renascimento econômico de Curitiba, essa cidade cujas finanças nós conseguimos recuperar”, afirmou o prefeito Rafael Greca, ao anunciar que o valor será depositado em parcela única dia 6 de setembro na conta de cada servidor.

O pagamento vai beneficiar 8.797 servidores dos 14.309 que deram aceite para receber a licença-prêmio em pecúnia. O limite foi fixado a partir do teto de valores destinados ao pagamento – R$ 160 milhões liberados pela Prefeitura, dos quais R$ 100 milhões foram destinados para pagar as licenças-prêmio vencidas dos servidores da Educação.

Ao clicar no banner no Portal do Servidor, os interessados poderão conferir as duas listas. A primeira é a dos servidores da Educação, com 6.620 beneficiados. Na sequência é possível verificar a relação dos que trabalham nas demais secretarias e órgãos, 2.177 pessoas.

A pesquisa deve ser feita pelo número da matrícula e a lista indica a pontuação de cada servidor, levando em conta os recursos apresentados após a divulgação da lista provisória.

Para fazer a pesquisa, quando o arquivo for aberto, basta utilizar o atalho clicando as teclas control e F simultaneamente. Depois, é só digitar a matrícula na caixa de busca que vai aparecer na tela.

Quem não recebeu

Quem deu o aceite para receber e não foi contemplado com o pagamento em 2022 não perde o direito ao benefício, assim como quem tinha direito e não deu o aceite. É possível receber o valor correspondente conforme novos prazos abertos pela Prefeitura para cadastramento, a partir de 2023.

Neste ano, os beneficiados foram selecionados de acordo com um sistema de pontos que analisa o tempo de serviço contínuo, desde o ingresso no regime estatutário municipal, a idade do servidor e o saldo em dias não fruídos da licença até o dia 27 de julho de 2022, data da publicação das portarias que estabeleceram o valor destinado ao pagamento.

 

Fonte: Prefeitura de Curitiba