Regional Tatuquara, em Curitiba, é beneficiada com 36,5 km de asfalto em ruas de saibro

Regional Tatuquara, em Curitiba, é beneficiada com 36,5 km de asfalto em ruas de saibro

O Programa Asfalto Novo da Prefeitura de Curitiba mudou a paisagem urbana do Tatuquara. Boa parte das ruas que antes era de terra e causava problemas aos moradores por causa da lama, pó e buracos, hoje está pavimentada com asfalto de boa qualidade.

Nos últimos sete anos, a região que é formada pelos bairros Tatuquara, Sítio Cercado e Caximba, foi beneficiada com 36,5 km de asfalto em ruas de saibro, trazendo mais qualidade de vida e conforto para os 124.759 habitantes, de acordo com estimativa IBGE/Ippuc de 2020.

As obras são coordenadas pela Secretaria Municipal de Obras Públicas (Smop). Antes de serem pavimentadas, as ruas de saibro recebem infraestrutura de drenagem com a implantação de galerias de águas pluviais, bocas de lobo e meio-fio.

Conforto e qualidade de vida

Para o secretário de Obras Públicas, Rodrigo Araújo Rodrigues, o asfalto novo traz segurança, conforto e qualidade de vida e as obras geram milhares de empregos.

“O avanço do programa reflete o nosso objetivo de fazer com que todas as ruas de pavimento primário se transformem em ruas asfaltadas, sem pó e lama, trazendo melhoria importante para os moradores”, disse Rodrigues.


Estrada Delegado Bruno de Almeida

Somando o asfalto no saibro e a reciclagem do pavimento, a Regional Tatuquara recebeu 76,2 km de asfalto novo, que inclui a requalificação de ruas importantes da região, como a Estrada Delegado Bruno de Almeida, que foi completamente remodelada em etapas. Ao todo foram 3.968m de obras, entre a ruas João Batista Bettega Júnior e Lucas Carvalho, no Tatuquara.

Para os moradores, a reforma trouxe inúmeros benefícios. Por causa dos buracos, muitos carros quebravam e era ruim até para andar a pé. Em dias de chuva, trechos inteiros da rua ficavam alagados por causa do transbordamento do Córrego do Melo, que fica nas proximidades. Assim, a reforma da Estrada Delegado Bruno de Almeida veio acompanhada de drenagem e desassoreamento do córrego para evitar enchentes no local.

O aposentado Luiz Contezini, 77 anos, que mora na Estrada Delegado Bruno de Almeida desde 1990, gostou muito do trabalho.

“Ficou excelente aqui para nós. Lembro que antigamente tinha pó e buracos. Era difícil andar por aqui. Agora ficou perfeito”, elogiou o aposentado.


Plantas bem cuidadas

Seu Luiz é muito ativo e gosta de lidar com plantas. Ele tem uma coleção impressionante de suculentas, além de pés de Palmeira Real e Fênix, que crescem frondosas. “Eu pego as mudas de Joinville, planto e muita gente aparece para comprar”, relata.

Além do cuidado com as plantas, ele gosta de manter o entorno da casa sempre limpo. “Volta e meia estou catando lixo que as pessoas jogam. A rua agora está bonita com asfalto, então precisa ficar limpa também”, comentou.

A Estrada Delegado Bruno de Almeida é uma importante ligação de Curitiba com as cidades vizinhas de Fazenda Rio Grande e Araucária. A artéria tem grande importância econômica no escoamento da produção de Olarias e de lojas de material de construção.

Além disso, a via é também importante rota do transporte coletivo. Passam por ali as linhas Juliana, Caximba /Olaria e o Madrugueiro Tatuquara. Juntas, transportam mais de 3.500 passageiros por dia.

Asfalto melhora o comércio

Também receberam requalificação, este ano, outras 18 ruas da região. Está nesta leva a Uriel Nogueira dos Santos, entre a Estrada Delegado Bruno de Almeida e a Rua Alda Basseti Bertholdi, no Campo de Santana, que foi requalificada numa extensão de 635m. Gleisa Adaignine, 28 anos, dirige um pet shop na rua e aprovou a benfeitoria.

“O asfalto ficou muito bom, com a pintura de faixas de sinalização bem visíveis. Melhorou inclusive o movimento para o nosso comércio”, atestou a comerciante.

A jovem Anna Clara da Silva, 18 anos, moradora do Campo de Santana, também aprovou a transformação. “A rua tinha muito buraco e a água da chuva empossava. Agora ficou muito bom”, elogiou.

Além das ações da Smop, a região também foi beneficiada com as intervenções da Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab), que promoveu a reurbanização de toda a malha viária do Jardim Ludovica e no Moradias Monteiro Lobato II, beneficiando diretamente 745 famílias que vivem nas duas vilas.

1000 km de asfalto

Curitiba alcançou a marca de mais de 1.000 km de asfalto novo em sete anos. São 2.046 obras de pavimentação já executadas ou em andamento, desde 2017.

Mais de 1.722 já contempladas pelo programa, cujas intervenções são feitas para melhorar o trânsito, promover segurança, acessibilidade, mobilidade e interligar os bairros. O maior volume de obras (91%) acontece em bairros afastados do Centro. 

As obras são coordenadas pela Secretaria Municipal de Obras Públicas (Smop) a partir de três modalidades de serviço: reciclagem do pavimento; fresagem e recapeamento; e pavimentação asfáltica em locais antes cobertos pelo saibro, sem nenhuma infraestrutura. É o programa Asfalto no Saibro, que já livrou da poeira e da lama mais de 580 ruas. 

Asfalto Novo

Somente neste ano, o programa Asfalto Novo assegurou 443 obras de pavimentação, recuperando mais de 202 mil metros de asfalto – uma média de 830 metros diários.

Em pouco mais de seis anos foram aproximadamente 1.000 quilômetros executados em mais de 2.046 obras que beneficiaram toda a população. São 1.943 intervenções entregues e 103 em andamento. Algumas ruas receberam mais de uma intervenção em diferentes trechos.

Destaques do programa Asfalto Novo

•    Mais de 1000 km alcançados (1.000,217m);

•    Distância equivale à extensão de uma viagem entre a capital do Paraná até Goiânia, em Goiás;

•    2.046 obras de pavimentação já executadas ou em andamento;

•    1.722 ruas contempladas, sendo 1.943 intervenções entregues (909.578 metros) e 103 em andamento (90.639 metros);

•    O maior volume de obras (91%) acontece em bairros afastados do Centro. 

Ações em 2023

•    Mais de 443 ações;

•    202 mil metros executados (média diária de 830 metros por dia útil);

•    Média de quase duas ruas asfaltadas por dia.


Ruas que foram requalificadas na Regional Tatuquara em 2023:

Rua Dirceu Machado – 1.700m – Campo de Santana    

Rua Zilá Oliveira – 315m – Campo de Santana

Rua Dionisio Pizzatto – 290m – Campo de Santana

Rua Josué Camargo – 50m – Campo de Santana

Estrada Delegado Bruno de Almeida – 3.968m – Tatuquara

Rua Melânia Zeni Visinoni – 45m – Campo de Santana

Rua Flávio Bonat     – 70m – Tatuquara

Rua João Batista Bettega Júnior – 660m – Tatuquara

Rua Vereador Ângelo Burbello – 438m – Campo de Santana

Rua Jorge Tortato – 722m – Tatuquara

Rua Uriel Nogueira dos Santos – 635m – Campo de Santana

Rua Francisco Sarot – 619m – Tatuquara

Rua Camilo Bueno – 145m – Tatuquara

Rua Moisés Amaro da Luz – 148m – Tatuquara

Rua Alda Bassetti Bertholdi – 505m – Campo de Santana

Rua Heitor Ferreira – 172m – Tatuquara

Rua João Sarot 238m – Tatuquara    

Rua Dilson Luiz – 713 – Tatuquara

Rua Valdomiro Rodrigues – 220m – Tatuquara

 

Fonte: Prefeitura de Curitiba