Ruas da Cidadania Pinheirinho e Santa Felicidade completam 27 anos em dezembro

Ruas da Cidadania Pinheirinho e Santa Felicidade completam 27 anos em dezembro

As Ruas da Cidadania Pinheirinho e Santa Felicidade celebram neste mês 27 anos de funcionamento. Nesta quinta-feira (7/12), o espaço no Pinheirinho comemora a data. Na próxima quarta-feira (13/12), será celebrado o aniversário de Santa Felicidade. Ambas as Ruas da Cidadania começaram a funcionar na primeira gestão do atual prefeito de Curitiba, Rafael Greca, entre 1993 e 1996.

“As Ruas da Cidadania têm a função de reunir os serviços que Prefeitura de Curitiba oferece aos cidadãos, de modo descentralizado. É (a ideia de de funcionamento dos espaços) aproximar a Prefeitura ao cidadão, que já sabe onde pode ir quando precisa de alguma informação”, disse a administradora regional de Santa Felicidade, Simone das Chagas Lima.

Atendimento

Na Regional Pinheirinho, são atendidos moradores dos bairros Pinheirinho, Capão Raso, Fanny, Lindóia e Novo Mundo.

Já em Santa Felicidade, a Rua da Cidadania atende moradores dos bairros Santa Felicidade, Butiatuvinha, Campina do Siqueira, Campo Comprido, Cascatinha, Lamenha Pequena, Mossunguê, Orleans, Santo Inácio, São Braz, São João e Vista Alegre. Somados, a Regional Santa Felicidade abriga  mais de 130 mil curitibanos.

27 anos no Pinheirinho

Em funcionamento desde 7 de dezembro de 1996, a Rua da Cidadania do Pinheirinho faz aproximadamente 200 mil atendimentos por ano.

No local, a população pode procurar emprego e buscar atendimento nos núcleos das secretarias municipais de Educação, Saúde, Esporte, Lazer e Juventude, Urbanismo, Finanças, Meio Ambiente, Governo, Defesa Social, FAS, Fundação Cultural de Curitiba, Cohab, Agência Curitiba de Desenvolvimento, além da Sanepar e do Instituto de Identificação do Paraná.

“Construída para descentralizar a Prefeitura da Cidade entre 1993 e 1996, para servir a população dos bairros com eficiência, sinal da nossa fé num governo de igualdade e de oportunidades para todos”, diz a mensagem assinada pelo prefeito Rafael Greca, fixada no prédio da Rua da Cidadania do Pinheirinho.

Reforma geral

Recentemente, o espaço recebeu uma reforma completa, coordenada pela Secretaria Municipal de Obras Públicas (Smop), com novidades como uma nova pintura e a iluminação cênica, além de 500 mudas de flores do Horto do Guabirotuba, para renovar os canteiros de flores.

Em junho, a Rua da Cidadania do Pinheirinho também foi a primeira a ganhar um Espaço do Trabalhador Curitibano – organizado pela Fundação de Ação Social (FAS). O espaço oferece todos os programas e serviços da área do Trabalho e Emprego da Prefeitura de Curitiba em uma única estrutura.

Serviços em Santa Felicidade

Diferentemente das demais Ruas da Cidadania, o espaço de Santa Felicidade, aberto desde 13 de dezembro de 1996, oferta apenas serviços. Os únicos produtos comercializados no local são as frutas, verduras e legumes do Sacolão da Família.

“Essa Rua da Cidadania não tem comércio, então todos os esforços são direcionados ao atendimento da população, tanto que temos muitos serviços aqui, até alguns do Estado (Governo do Paraná). Essa também é uma rua muito charmosa, principalmente pela iluminação e pelas árvores”, conta ainda administradora regional, Simone Chagas.

Espaço multiuso

Além disso, a Rua da Cidadania de Santa Felicidade tem um corredor ornamentado por 14 vasos sempre floridos e jardins laterais bem cuidados, com uma paisagem privilegiada, a Praça San Marco, a torre da Igreja de São José e Santa Felicidade, e um terminal de ônibus.

“Nós gostamos de usar a academia, a biblioteca e, principalmente, o Sacolão da Família. Quando esse lugar abriu, nós já morávamos no bairro, e agora melhorou muito. O atendimento também é ótimo”, diz Rosemeri Marques, de 66 anos, acompanhada de Paulo Cesar Marques, de 71.

Nos últimos meses, o espaço também recebeu reforma e foi reorganizado para facilitar o atendimento à população. Em agosto deste ano, a Rua da Cidadania se tornou a segunda com o  funcionamento do Espaço do Trabalhador Curitibano da FAS, após a Regional Pinheirinho.

Fonte: Prefeitura de Curitiba