Santa Cândida, Cachoeira e Abranches têm obras de asfalto e drenagem

Santa Cândida, Cachoeira e Abranches têm obras de asfalto e drenagem

 

O sonho do aposentado Jaime Ribeiro dos Santos, morador da Rua Ovídio Garcez, no Cachoeira, é viver em uma via com acessibilidade para o filho que tem deficiência, um desejo que está perto de se tornar realidade. A Secretaria Municipal de Obras Públicas da Prefeitura deu início às obras que vão acabar com o saibro em bairros da Regional Boa Vista e garantir toda infraestrutura de drenagem, com galerias de águas pluviais, bocas de lobo e meio-fio.

Além do Cachoeira, as intervenções do programa Asfalto no Saibro na regional também estão sendo executadas em vias dos bairros Santa Cândida e Abranches.

“Por toda a cidade estamos transformando as ruas em vias urbanas, como elas devem ser”, diz o prefeito Rafael Greca.

As melhorias na Rua Ovídio Garcez acontecem em um trecho de 937 metros, a partir da Rua Anita Garibaldi até o final da via, que serve de acesso à Unidade de Saúde Vila Leonice e ao Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Maria Aparecida Buscardim Hartmann.

Iniciadas na última semana de julho, as obras estão na fase de implantação das estruturas para captação das águas das chuvas.

“Foram 24 anos comendo pó, sofrendo com barro e buracos, mas as melhorias tão esperadas começaram a acontecer. A rua já começou a receber manilhamento e depois vem o asfalto. Eu sonho com essa rua toda ajeitada”, diz Jaime.

Outra rua do bairro, a Júlia Domingos Bortolotto, também terá o saibro coberto por asfalto em 200 metros a partir da José Bajerski até o final da rua. As obras estão programadas para começar nas próximas semanas.

Santa Cândida

No bairro Santa Cândida, comemoram a chegada do asfalto e da infraestrutura de drenagem os moradores das ruas Valquíria Cavalcante da Silva e Wallace Landall, onde também há frentes de trabalho do programa de pavimentação do município.

“Vou parar de pisar no barro, vamos passar a viver numa rua de verdade e não mais no carreiro de buracos e lama que era isso daqui”, conta o aposentado Sebastião Marcelo de Oliveira, marido da dona de casa Hilma Ferreira as Silva. “Está tudo no começo e a gente já está achando uma maravilha”, diz Hilma. O casal mora há 45 anos na Rua Rua Valquíria Cavalcante da Silva, que está tendo o saibro coberto em 174 metros entre as ruas Walace Landal e Paulo Kulik.

Na Walace Landal são duas frentes de obras, nos 93,5 metros a partir do número 300 até a Paulo Kulik e nos 206 metros a partir da Paulo Kulik até o fim da via. Para a dona de casa Jucileia Nogueira, as obras que acontecem simultaneamente em diferentes ruas do bairro vão elevar a região a um novo patamar.

“O asfalto vai valorizar muito a região, mas o que mais nos agrada é a qualidade de vida. Sem poeira na rua poderemos abrir das janelas de casa e deixar a casa arejar”, comemora Jucileia.

Também serão alcançadas pelo programa no Santa Cândida as ruas Rua Helena Valesco Manika (218,5 m a partir da Padre Paulo Caneles até o final da rua); Alayde M. da Cruz (46 m a partir da Joaquim Marques dos Santos até o final de rua) e a Serapião da Cruz (51,5 m desde a Joaquim Marques dos Santos até o final de rua).

Abranches

No bairro Abranches, as melhorias vão ser implementadas nas ruas Victor Kotovis (228 metros a partir da Roberto Bohnestengel até o final da rua) e José Bajerski (trecho de 585 metros entre a Paulino Vernes e Rodovia dos Minérios).

Rodrigo Araújo Rodrigues, secretário de Obras Públicas, destaca os bons resultados do programa Asfalto no Saibro que foi lançado pelo prefeito Rafael Greca em 2019 e já alcançou mais de 83 km de extensão, em 341 ações já executadas ou em andamento em toda a cidade.

“As obras em execução atualmente pertencem à sexta etapa do programa e vão alcançar 86 ruas de oito regionais administrativas, assegurando mais 28 km de asfalto em vias antes de pavimento primário e que servem 14 bairros de Curitiba”, diz Rodrigues.  

Somente nos bairros da área de abrangência da regional Boa Vista serão, nesta sexta etapa, mais 2,74 km de pavimento sobre o asfalto em 10 novas ações. Outros 9.304 km já foram assegurados nos últimos quatro anos, nas etapas anteriores, a partir do programa que já concluiu 62 ações na regional.

Cada nova etapa do programa reúne um conjunto de ruas cuja demanda por asfalto e drenagem é reivindicada pela população no Fala Curitiba, programa de audiência pública da Prefeitura e no 156. As obras são divididas em lotes, efetivadas em períodos distintos, conforme o avanço das obras, realização dos projetos e processos de licitação para contratação dos serviços.

LEIA MAIS

 

 

Fonte: Prefeitura de Curitiba