Saúde aplica 15,2 mil doses no Dia D da multivacinação

Saúde aplica 15,2 mil doses no Dia D da multivacinação

 

O curitibano aproveitou o dia ensolarado para atender ao chamado da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) e colocar a carteira de vacinação em dia. No Dia D, promovido neste sábado (23/7), a SMS aplicou 15.211 doses de imunizantes. O atendimento ocorreu em 19 unidades de saúde. 

Foram ofertadas todas as vacinas do calendário geral da rede municipal – como hepatite B, pentavalente, rotavírus – e as da gripe e covid-19. Foram aplicadas 4.567 vacinas de rotina, 4.308 contra a gripe e 6.336 contra a covid-19.

Este foi o segundo Dia D deste ano, mas quem não conseguiu comparecer neste sábado vai poder aproveitar os horários estendidos de cinco unidades na próxima semana.

Para o superintendente executivo da SMS, Juliano Gevaerd, a participação é essencial. “A vacinação em massa nos ajuda a atenuar e reduzir casos de doenças como a covid-19, por exemplo, em que foi possível perceber a queda nos casos graves e internações com a imunização”, reforçou.

Oportunidade

Com a vacina contra a covid e as demais em dia, a projetista Nathalee Borges Paruker Stankewitz aproveitou o sábado de folga para tomar a vacina contra a gripe, na unidade de Saúde Mãe Curitibana. “A carteirinha sempre esteve em ordem, desde criança. Promover uma ação como essa no sábado é bem importante para que mais gente possa regularizar”, comentou.

Foi o que fez o químico Rafael Lorini, que tinha a segunda dose da vacina contra a hepatite B pendente. “Já havia comparecido a uma unidade em um dia normal para regularizar outras doses, é importante estar com as vacinas em dia”, reconheceu.

 

Programa de família

Já que tinha que levar o filho Pietro, de 11 anos, para a dose da vacina contra o HPV, o engenheiro Luiz Henrique Carnevalli verificou suas pendências e tomou vacinas contra a febre amarela e a hepatite. “Agora estamos mais sossegados”, disse.

A dona de casa Ana Clara Rodrigues foi com a família toda à unidade Mãe Curitibana. A filha Helena Rodrigues Muniz, de 1 ano e meio, saiu com a carteirinha preenchida e com uma foto do Zé Gotinha de lembrança. “Eu só tenho que tomar a da gripe, mas meu marido e a minha mãe também precisam tomar algumas”, contou. 

Dia D

O Dia D é realizado na esteira do lançamento da campanha de divulgação Quem ama, Vacina da Prefeitura de Curitiba, que reforça a importância da vacinação. 

Este Dia D é feito em conjunto com a Secretaria Estadual da Saúde (Sesa), como parte das ações do movimento Vacina Mais, lançado em 29 de junho pela Organização Panamericana da Saúde (Opas), com o Conselho Nacional de Secretarias Municipais da Saúde (Conasems), o Conselho Nacional da Saúde (CNS) e o Conselho Nacional de Secretários da Saúde (Conass).

 

Fonte: Prefeitura de Curitiba