Solicitada por moradores, nova rotatória melhora o trânsito no Rio Bonito

Solicitada por moradores, nova rotatória melhora o trânsito no Rio Bonito

 

Entrou na reta final a obra da Prefeitura de Curitiba, coordenada pela Secretaria Municipal de Obras Públicas (Smop), para organizar a circulação de veículos no Rio Bonito, no bairro Campo de Santana. São obras de correção geométrica e implantação de uma rotatória na confluência das ruas Presidente João Goulart, Dirce Rogal Tomazeli, Marcos Bertoldi e Alda Bassete Bertholdi, na Administração Regional do Tatuquara.

A intervenção iniciada no fim de junho tem previsão de conclusão para a segunda quinzena de agosto.

 

Para implantação da rotatória, o trecho foi realinhado, foram feitas calçadas com acessibilidade e os pontos de ônibus foram relocados alguns metros para garantir segurança aos usuários. A ultima etapa será a sinalização das vias.

“É mais um nó urbano desatado na nossa cidade. Estamos fazendo no Rio Bonito obras para melhorar a visibilidade, aumentar a fluidez e a segurança de motoristas e pedestres”, diz o prefeito Rafael Greca.

 

Entroncamento

As ruas que formam o entroncamento são bastante movimentadas, fazem a ligação entre os bairros Campo de Santana e Tatuquara e servem ao transporte coletivo na região. As conversões eram perigosas e os acidentes constantes devido à imprudência dos motoristas.  

“A obra vai reduzir conflitos de trânsito na região e havia sido reivindicada pelos moradores e comerciantes no Fala Curitiba, o programa de audiências públicas da Prefeitura, e no canal 156, de atendimento ao cidadão”, lembra o secretário municipal de Obras Públicas, Rodrigo Araújo Rodrigues.  

Mesmo antes do fim das obras o mecânico Cristian Candido de Paulo, da Mêcanica Portal,na esquina das ruas Marcos Bertoldi e Alda Bassete Bertholdi, comemora os efeitos da intervenção.

“Era caótico, um trânsito confuso que somado à falta de cuidado de alguns motoristas resultava em acidentes frequentes. Agora está ficando organizado para quem dirige, mas também muito bom para quem anda a pé, porque as calçadas são ótimas”, disse Cristian.

O casal Paulo Barros de Araújo e Maria Aparecida Felício é proprietário de um lava carros e mora a cerca de 30 metros da nova rotatória. A obra, segundo eles, tem sido o assunto do momento entre os clientes.

“Todo mundo esperançoso, já dá para ver que ficou muito melhor, mais seguro”, disse Araújo.

Para Maria, além do conforto e da organização, a nova rotatória também serviu para valorizar a região. “Ficou mais bonito com as novas calçadas e tudo bem organizado. Agora é torcer para que as pessoas tenham consciência na direção do veículo”, ressaltou Maria Aparecida.

LEIA MAIS

 

Fonte: Prefeitura de Curitiba