Torcida do Athletico troca ingressos por alimentos e aplaude vitória das Gurias Furacão

Torcida do Athletico troca ingressos por alimentos e aplaude vitória das Gurias Furacão

A partida das Gurias Furacão – o time feminino do Clube Athletico Paranaense – com o Ceará, neste sábado (10/9), na Arena da Baixada, registrou duas vitórias. Além de ter vencido as visitantes por 2 a 0, o time da casa contou com um dos maiores públicos do Brasil em disputas de futebol entre mulheres e reforçou o banco de alimentos do Mesa Solidária – o programa social da Prefeitura que oferece refeições prontas e sem custo para a população em situação de vulnerabilidade social. 

Isso foi possível porque as 28.477 que compareceram à Arena da Baixada trocaram ingressos por alimentos não-perecíveis, entregues para projetos sociais como o Mesa Solidária. Foram aproximadamente 28 toneladas de alimentos entregues às equipes da Prefeitura encarregadas de receber as doações. 

Banco de alimentos

Da arrecadação total, cerca de 9 toneladas serão destinadas ao Mesa Solidária – esforço conjunto entre a Secretaria Municipal da Segurança Alimentar e Nutricional (SMSAN), Fundação de Ação Social (FAS) e Secretaria Municipal da Defesa Social e Trânsito (SMDT).

A quantidade que entrará no banco de alimentos da SMSAN  é próxima do total usado durante 1 mês para preparar as cerca de 30 mil refeições servidas, de graça, no período nas três unidades do programa (na Praça Rui BArbosa, atrás da Catedral e sob o viaduto do Capanema). Toda essa comida é elaborada pelos 70 grupos parceiros do Mesa Solidária.

Responsabilidade social

A doação de 1 quilo de alimento por torcedor valeu o ingresso para ver a partida. A iniciativa fez parte da ação de responsabilidade social da Fundação Athletico Paranaense (Funcap), que arrecadou alimentos não perecíveis para entregar a projetos sociais de combate à fome. 

“Nossa ideia foi colaborar com uma das maiores demandas sociais, que é a comida, e o nosso torcedor apoiou”, explicou o diretor da Funcap e do Clube Athletico, Roberto Bonnet, sobre a primeira partida da final do Brasileirão Feminino A2.

“Os itens doados são fundamentais para o nosso banco de alimentos, que fará a distribuição entre nossos parceiros e também à população atendida pelos Centros de Referência da Assistência Social da FAS”, explicou o diretor de Segurança Alimentar da SMSAN, Felipe Thiago de Jesus.

Solidariedade de torcedor

Levando uma sacola de supermercado pesada, Diego Andersen foi um dos primeiros a chegar. Ali estava o correspondente às doações dos cinco membros da família que foram à Baixada prestigiar o futebol das jogadoras do Athletico. “Aqui estão 1 quilo de alimento por pessoa”, explicou o torcedor. “É bom poder ajudar”, disse, entregando a contribuição para Bonnet.

Para  Pâmela de Souza, a ocasião foi duplamente especial. Além de doar para a iniciativa de responsabilidade social da Fundação Athletico Paranaense, ela aproveitou para ser apresentada ao estádio do clube do coração pelo marido, Pierre Souza. “Ele vem às vezes mas eu ainda não tinha tido a oportunidade. Estou feliz por isso mas também por participar da campanha”, disse..

A sacola da família Meller também estava pesada. Coube a Leonardo, filho do casal Sérgio e Fernanda Gusso Meller entregar a doação. “Vimos no Instagram e logo nos organizamos para garantir os ingressos. É muito importante ser solidário sempre”, disse Sérgio.

 

Fonte: Prefeitura de Curitiba