Setentrião e Noroeste do Rio podem ter até 200mm de chuvas até domingo

Norte e Noroeste do Rio podem ter até 200mm de chuvas até domingo

O governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, fez uma alerta nesta sexta-feira (22) para a população das regiões Setentrião e Noroeste do estado para redobrar a atenção por pretexto das fortes chuvas. “Segundo o monitoramento do Inea [Instituto Nacional do Ambiente], há uma grande possibilidade de sábado para domingo termos uma chuva acumulada de 200 milímetros. Já estamos reforçando nossas equipes das regiões Setentrião e Noroeste, mas é importante que a população fique muito atenta aos avisos da Resguardo Social Municipal e Estadual para prometer a segurança”, disse Castro no Meio Integrado de Comando e Controle (CICC), na região médio da capital.

Cada milímetro de chuva equivale a 1 litro de chuva por metro quadrângulo de superfície em uma localidade. Portanto, 200 milímetros em 24 horas são 200 litros de chuva de chuva caindo em cada quadrângulo de uma localidade no pausa de somente um dia.

Segundo o governo estadual, o risco hidrológico para inundações, enxurradas e alagamentos é muito cimo em Petrópolis, na região serrana, e em Magé, na Baixada Fluminense, e cimo em Maricá, São Gonçalo, Niterói, Rio de Janeiro, Teresópolis e Novidade Friburgo. O risco geológico para deslizamentos é muito cimo em Petrópolis e Magé e cimo em Maricá, São Gonçalo, Niterói, Enseada dos Reis, Mangaratiba, Teresópolis e Novidade Friburgo.

As fortes chuvas que atingem o estado do Rio de Janeiro nesta sexta-feira (22) interromperam o trânsito de veículos da capital para as cidades serranas de Petrópolis e Teresópolis, atendidas respectivamente pelas rodovias BR-040 e BR-116.  

Natividade: Sucursal Brasil