Relâmpago mata varão em praia de Arraial do Cabo, no estado do Rio

Justiça absolve PMs envolvidos em caso de mulher arrastada por viatura

Um varão morreu, nesta sexta-feira (22), depois de ser atingido por um relâmpago em Arraial do Cabo, na Região dos Lagos, no estado do Rio de Janeiro. Segundo a prefeitura, o nome da vítima é Kelwen Ramos e a ocorrência foi nas Praias do Pontal do Atalaia. O lugar havia sido interditado horas antes. A Resguardo Social informou que a polícia foi acionada e o corpo será guiado ao Instituto Médico Permitido (IML) de Cabo Indiferente, depois da perícia.

Outras duas pessoas ficaram feridas por motivo da descarga elétrica e foram encaminhadas para o Hospital Universal de Arraial do Cabo. A primeira delas foi identificada porquê Felipe Júlio, de 21 anos. A segunda, Victor Gabriel Dutra Nonato, de 29 anos. O estado de saúde dos dois é considerado inabalável.

A Resguardo Social do Estado do Rio orienta a população a ter cuidados específicos em dias de chuvas fortes, com raios e trovões. A informação é de que a manante do relâmpago pode fomentar queimaduras graves e danos ao coração, pulmões, sistema nervoso meão e outras partes do corpo. Se a pessoa estiver na rua, as orientações para não ser atingida são:

– Evitar lugares que ofereçam pouca ou nenhuma proteção contra raios porquê: pequenas construções não protegidas porquê celeiros, tendas ou barracos ou veículos sem capota porquê tratores, motocicletas ou bicicletas;

– Evitar estacionar próximo a árvores ou linhas de pujança elétrica;

– Evitar estruturas altas porquê torres, de linhas telefônicas e de pujança elétrica;

– Não permanecer em áreas abertas porquê campos de futebol, quadras de tênis e estacionamentos;

– Não permanecer no tá de morros ou no topo de prédios;

– Não se aproximar de cercas de arame, varais metálicos, linhas aéreas e trilhos;

– Nunca se acoitar por baixo de árvores isoladas.

Em vivenda

Caso a pessoa esteja dentro de vivenda, a Resguardo Social orienta:

– Não usar telefone (o sem fio pode ser utilizado);

– Não permanecer próximo a tomadas, canos, janelas e portas metálicas;

– Não tocar em equipamentos elétricos que estejam ligados à rede elétrica.

Deslizamento em Nilópolis

Três pessoas sofreram ferimentos leves depois do desabamento de uma vivenda em Nilópolis, na Baixada Fluminense.

A prefeitura informou que elas foram encaminhadas pelo Corpo de Bombeiros para o Hospital Universal de Novidade Iguaçu. Equipes de Serviços Públicos (Semserp) e da Resguardo Social estão retirando os sobras do imóvel, que fica na borda do Rio Sarapuí, na Chatuba, mote de Nilópolis com Mesquita.

Os resgatados vão deliberar se preferem ir para a vivenda de parentes ou para um dos pontos de esteio. Em caso de emergência, a Resguardo Social orienta a população a vincular para os telefones 2691-1193 e 98184-2664.

Natividade: Filial Brasil