Turista diz ter sido vítima de estupro coletivo em boate do Rio

Justiça absolve PMs envolvidos em caso de mulher arrastada por viatura

Uma turista estrangeira, de 25 anos, denuncia ter sido vítima de estupro coletivo ontem (2) na boate Portal Club, na Lapa, Núcleo do Rio de Janeiro. A informação foi publicada pela deputada estadual Renata Souza (Psol) em rede social e confirmada pela Polícia Social.

O registro do transgressão foi feito na delegacia e na Percentagem da Mulher da Câmara Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj).

A deputada chamou o transgressão de “terrível” e disse ter escoltado a vítima até a delegacia. Também cobrou uma investigação rigorosa e que os agressores sejam identificados.

“O que a gente espera também é desvelo com a jovem, que está completamente desesperada diante de toda situação e quer voltar para o seu país o quanto antes”, escreveu Renata Souza.

Em nota, a Polícia Social disse que “a ocorrência foi apresentada na Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) do Núcleo do Rio. Agentes realizam diligências para buscar imagens de câmeras de segurança e outros elementos que auxiliem na identificação dos autores”.

A reportagem da Sucursal Brasil entrou em contato com a boate Portal Club, mas até o momento não recebeu uma resposta sobre o caso.

Nascente: Sucursal Brasil